AVALIAÇÃO DA TRANQUILIZAÇÃO EM EQUINOS SUBMETIDOS À FARMACOPUNTURA COM CLORIDRATO DE XILAZINA

Diogo Alexandre Tenório Mata, Aline Mayara Silva de Lima, Fagner Catarino Rodrigues Torres, Maynara Kalya Ferreira Lima, Carolina Carvalho dos Santos Lira, Andrezza Caroline Aragão da Silva, Pierre Barnabé Escodro

Resumo


Introdução: A farmacopuntura é uma das inúmeras categorias da acupuntura, amplamente utilizada na medicina veterinária, consiste na injeção de fármacos em acupontos permitindo o uso de subdoses que promovem o efeito desejado minimizando os efeitos colaterais indesejáveis. Objetivos: Objetivou-se com o presente trabalho avaliar a tranquilização obtida através da farmacopuntura com cloridrato de xilazina em equinos. Método: Foram utilizados 10 equinos, hígidos, com peso entre 280 e 500 kg, mínimo de 2 anos de idade, submetidos a quatro tratamentos: Tratamento Controle Negativo (TCN- 5 mL de soro fisiológico) e Tratamento Convencional (TConv – aplicação de 1 mg/kg de cloridrato de xilazina) por via subcutânea na região cervical; Tratamento aquapuntura (TA – 5 mL de solução fisiológica) e  Tratamento Farmacopuntura (TFA – aplicação de 0,2 mg/kg de cloridrato de xilazina), ambos por via SC no ponto Yin Tang ( linha média entre olhos). As doses de xilazina foram diluídas em solução fisiológica até o volume de 5mL, padronizando o volume. Os efeitos tranquilizantes foram avaliados através dos testes: Resposta ao Estímulo Sonoro (bater de palmas atrás do animal), Tátil (toque com o dedo no pavilhão auricular) e pelo Grau de Ataxia (posicionamento do animal no tronco de contenção), onde os níveis de sedação foram interpretados em números: 0 (sedação intensa), 1 (sedação moderada), 2 (sedação leve) e 3 (ausência de sedação) para os estímulos sonoro e tátil, e o de forma inversa para o Grau de Ataxia . Esses testes foram registrados antes (basal) e durante 5, 15, 30, 60 e 90 minutos após a aplicação dos tratamentos. Resultados: Observou-se diminuição nas médias obtidas para estímulos sonoro e tátil em todos os tratamentos ao longo das avaliações, principalmente para o TFA entre 15 e 30 minutos após aplicação do tratamento. Em relação ao Grau de Ataxia, os tratamentos com ausência de cloridrato de xilazina, TCN e TA, possuíram médias idênticas em todos os tempos, enquanto que os tratamentos com solução de xilazina, TConv e TFA, possuíram maior grau de ataxia entre 15 e 30 minutos. Conclusão: Pode-se concluir com os resultados do presente estudo que houve eficácia na sedação em equinos submetidos a aplicação de subdose de cloridrato de xilazina no ponto Yin Tang durante 15 a 30 minutos após a aplicação.

Palavras-chave


Farmacopuntura; Yin Tang; Sedação; Xilazina; Equinos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.