AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DO AUMENTO DA CONCENTRAÇÃO ESPERMÁTICA SOBRE A QUALIDADE DO SÊMEN CONGELADO DE OVINOS

Matheus Batista de Oliveira, Julio Constantino Jerí Molina, Rebeca Santos Silva, Islan Dantas Menezes Dias, Alexandre Floriani Ramos, Phillip Hamilton Purdy, Hymerson Costa Azevedo

Resumo


Para a inseminação artificial transcervical (IATC) em ovinos com sêmen congelado deve ser utilizado um maior número de espermatozoides de boa qualidade. O aumento pode ser obtido pelo incremento da concentração espermática, que pode prejudicar os espermatozoides submetidos à congelação. Objetivou-se testar os efeitos do aumento da concentração espermática sobre a qualidade do sêmen congelado de carneiros Santa Inês, para uso em IATC. Foram utilizados dez carneiros da raça Santa Inês, submetidos à colheita de sêmen cujas amostras (n=10) foram diluídas em quatro concentrações espermáticas, obtendo-se os grupos experimentais: G-400, G-800, G-1200 e G-1600x106 espermatozoides/mL. O sêmen diluído foi envasado em palhetas de 0,25 mL, congelado em nitrogênio líquido (-196°C), descongelado (40°C/20”) e submetido às avaliações funcionais (cinética espermática computadorizada – SCA®, capacitação e reação acrossomal – Clortetraciclina) e estrutural (integridade da membrana plasmática – SYBR®14/iodeto de propídio).

Palavras-chave


Análise computadorizada; Cinética espermática; Criopreservação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.