FREEMARTINISMO EM BOVINO: RELATO DE CASO

Vinícius Oliveira Santos, Bruno Mateus Feitosa de Farias, Bárbara Regina Marques, Clara Rafaelle Cardoso da Silva, Daniel Lima Santos, Clarice Ricardo Macedo Pessoa, André Flávio Almeida Pessoa

Resumo


Freemartinismo é uma alteração na formação do trato reprodutor de uma fêmea, gêmea de um macho, entre os ruminantes mesmo de baixa frequência de ocorrência é o tipo de intersexo que mais acomete os bovinos, sendo raro em outras espécies, como caprinos e ovinos. As alterações ocorrem devido a anastomose dos vasos placentários de fetos gêmeos de sexo oposto com início entre os dias 30 e 50 da gestação, período no qual já se obteve a diferenciação sexual do macho. Assim, esta fusão dos vasos corioalantóides proporciona a troca de células sanguíneas percussoras de hormônios entre os fetos, desencadeando uma série de modificações na gônada feminina.

Palavras-chave


Bovinos, Intersexo, Reprodução, Sergipe.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, de J, RESENDE A.O, Freemartinismo em bovinos: revisão de literatura. Revista Portuguesa de Ciências Veterinárias, Rio de Janeiro, 1-9, 2012.

HAFEZ, B., HAFEZ, E.S.E. Reprodução Animal. 7.Ed. Manole,2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.