LEVANTAMENTO DAS PRINCIPAIS ESPÉCIES DE AVES ATENDIDAS NO SETOR DE ANIMAIS SILVESTRES DA UFS CAMPUS DO SERTÃO

Matheus Resende OLIVEIRA, Iris Gisele Santos de OLIVEIRA, Rafael Dantas dos SANTOS, Elpídio Vicente dos SANTOS JÚNIOR, Juan Manuel Ruiz Esparza AGUILAR, Elias Alberto Gutierrez CARNELOSSI, Victor Fernando Santana LIMA

Resumo


Introdução: Nos últimos tempos a procura por pets não convencionais como animais de estimação no Brasil, tem demonstrado um crescimento formidável. Não é de hoje que as aves despertam o interesse dos seres humanos, seja pelo seu canto ou pelo encanto de suas cores. Se por um lado a crescente procura por aves exóticas fomentou o mercado de produtos e serviços, no outro a procura por aves silvestres tem constituído uma atividade ameaçadora a biodiversidade brasileira. Objetivos: Identificar as principais espécies de aves atendidas na UFS campus do sertão. Método: Realizou-se o levantamento das principais aves atendidas no setor de animais silvestres da Universidade Federal de Sergipe, campus do Sertão no período de setembro de 2018 a maio de 2019. Todos os dados recolhidos foram planificados através do Microsoft Excel e em seguida passaram por uma análise estatística por meio do programa computacional InStat (GraphPad Software, Inc., 2000) com nível de significância p<0,05 calculando-se a frequência relativa e absoluta das principais espécies de aves atendidas. Resultado: Ao todo somaram 142 aves atendidas, sendo pelo menos 34 espécies diferentes, das quais 42,25% (60/142) exóticas representadas por: psittaciformes 35,92% (51/142), columbiformes 3,52% (5/142) e anseriforme 2,82% (4/142). As aves silvestres representaram 57,75% (82/142), sendo compostas por: passeriformes 38,03% (54/142), psittaciformes 7,75% (11/142), columbiformes 2,11% (3/34), estrildídeos 1,41% (2/142), enquanto que 0,70% (1/142) foram representados respectivamente por cuculídeo, corvídeo, icterídeo, gruiforme e accipitriforme. Discussão: Os passeriformes representaram as aves silvestres com o maior predomínio, segundo estudos, estes são os principais animais vítimas do tráfico (DESTRO et al., 2012) pelos seus belos cantos e o fácil transporte clandestino (RENCTAS, 2001 apud DUTRA & SILVA, 2019). Das aves exóticas mais atendidas destacaram-se: os psittaciformes, corroborando com o estudo de Zardo et al. (2014) que apontou estas, como as aves exóticas de estimação com maior ocorrência em Santa Maria - RS, Collar (1997 apud ALLGAYER, CZIULIK 2007) explica que os psitacídeos são preferidos por conta de suas colorações, temperamento e companheirismo. Conclusão: Aves são animais de bastante apreço pela sociedade, sendo de suma importância, o fornecimento de orientações, para que as atividades humanas não comprometam a permanência dessas e outras espécies na natureza. Palavras-chave: Aves. Silvestres. Exóticas. Pet.


Palavras-chave


Aves; Silvestres; Exóticas; Pet.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.