A Humanização Enquanto Componente da Formação em Saúde: A Visão de Discentes de Graduação

Maria Gicarlia Braz, Margarete Pereira Cavalcante

Resumo


Objetivo: identificar, sob a ótica de discentes de graduação da área da saúde, qual a contribuição para a sua formação no ensino na saúde, vivenciada nas práticas do projeto de assistência humanizada à mulher e à criança, no período de 2010 a 2013. Método: Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, com uma abordagem qualitativa, na qual se utilizou a técnica de entrevista não estruturada para a apreensão dos dados. Teve como sujeitos da pesquisa, 14 discentes de diferentes cursos de graduação da Universidade Federal de Alagoas e do Centro de Estudo Superior de Maceió. A interpretação das falas das entrevistadas foi orientada pela Teoria Análise de Conteúdo de Bardin, como ferramenta para análise dos dados qualitativos. Resultados: o projeto em pauta contribui para a formação de futuros profissionais reflexivos e críticos com o perfil adequado para atuar no Sistema Único de Saúde. Conclusão: A inserção dos discentes em ações de extensão humanizadas, pode resultar na formação de sujeitos comprometidos na transformação das práticas de saúde, agregando novos valores que possibilitam a construção de novos modos de cuidar em sua futura prática profissional.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.28998/rpss.v2i1.3176

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Endereço postal

Núcleo de Saúde Pública- NUSP /FAMED

Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Av. Lourival Melo Mota, s/n

Tabuleiro dos Martins CEP:57072-900

Maceió - AL

 E - ISSN 2525-4200 

Indexação:            


Apoio: