CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E FÍSICO-QUÍMICA EM FRUTOS DE MURICI (Byrsonima crassifolia (L.) Rich.) DE OCORRÊNCIA NOS TABULEIROS COSTEIROS DE ALAGOAS

Everton Ferreira dos Santos, José Dailson Silva de Oliveira, Ivanildo Claudino da Silva, Cibele Merched Gallo, Eurico Eduardo Pinto de Lemos, Leila de Paula Rezende

Resumo


O muricizeiro nativo da flora alagoana é uma espécie frutífera com potencial de utilização em sistemas produtivos comerciais, no entanto, pouco se conhece acerca das características físicas e físico-químicas dos frutos. Desta forma, o objetivo foi avaliar as características físicas e físico-químicas de frutos de muricizeiro que ocorrem naturalmente nos tabuleiros costeiros alagoanos. Os caracteres físicos foram obtidos por meio de 50 medições, individualmente, consistindo em 50 frutos por parâmetro avaliado, em relação ao peso do fruto e da semente, diâmetro longitudinal e transversal do fruto, diâmetro da semente e textura. Os parâmetros físico-químicos foram obtidos por meio de cinco repetições, para cada característica. Foi utilizado de 1 a 10 g de polpa do fruto, a depender da análise realizada. As características avaliadas foram: sólidos totais (ST), acidez total (AT), relação ST/AT, vitamina C, carotenoides, antocianinas, flavonoides, pectina total e solúvel. Foi aplicada estatística descritiva, obtendo-se os valores mínimos, médios e máximos, erro padrão da média e coeficiente de variação. Os pesos médios dos frutos e das sementes foram de 2,72 ± 0,58 g e 0,83 ± 0,38 g, respectivamente. O DL variou de 12,27 mm a 14,47 mm, com DT oscilando de 15,27 mm a 18,12 mm, e textura variando de 1,60 N a 4,76 N. O diâmetro médio da semente foi 2,09 ± 0,59 mm (milímetro). Com relação às caraterísticas físico-químicas, os frutos apresentaram altos teores de sólidos totais, vitamina C e compostos bioativos, indicando o potencial da espécie tanto para o consumo in natura quanto para o processamento.


Texto completo:

PDF

Referências


Araújo, R. R.; Santos, E. D.; Lemos, E. E. P.; Alves, R. E. Caracterização Biométrica de Frutos e Sementes de Genótipos de Murici (Byrsonima verbascifolia (L.) Rich.) do Tabuleiro Costeiro de Alagoas. Revista Caatinga, v. 22, n. 3, p. 220-224, 2009.

AOAC - Association of official analytical chemists international. Official Methods of Analysis. 16 ed. Arlington, 1995. v. 2, 474p.

Blind, A. D.; Serudo, R. N.; Miranda, C.; Figueiredo, J. N. R.; Silva-Filho, D. F.; Noda, H. Biometria em Frutos e Sementes de Mapati (Pourouma cecropiifolia). Nucleus, v. 13, n. 1, 6 p., 2016.

Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento - MAPA . Portaria nº 94, de 30 de Agosto de 2016. Aprova o “Projeto de Instrução Normativa e Anexo que visam estabelecer em todo território nacional a complementação dos padrões de identidade e qualidade de polpa de fruta”. D. O. U. – Diário Oficial da União - DOU de 01/09/2016 (nº 169, Seção 1, pág. 2).

Belisário, C. M.; Coneglian, R. C. C. Qualidade de Frutos de Murici (Byrsonima crassifólia, Malpighiaceae) Armazenados sob Refrigeração. Global Science and Technology, v. 6, n. 2, p. 95-101, 2013.

BRASIL. ANVISA. Resolução RDC nº 269, de 22 de setembro de 2005. Aprova o “Regulamento Técnico sobre a Ingestão Diária Recomendada de Proteínas, Vitaminas e Minerais”. D. O. U. – Diário Oficial da União. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária, de 23 de setembro de 2005.

Carvalho, A. V.; Nascimento, W. M. O. Caracterização Físico-química e Química da Polpa de Frutos de Murici. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2016. 17 p. – (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento/Embrapa Amazônia Oriental, 106).

CETAP – Centro Ecológico, Rede Ecovida de Agroecologia e Terra do Futuro. Frutas Nativas: alimentos locais, sabores e ingredientes especiais. Passo Fundo/RS, 22 p., 2015. Costa, T. F.; Mendes-Filho, N. E.; Teles, A. M.; Marinho, S. C.; Mouchreck – Filho, V. E.; Nascimento, A. R. Composição Nutricional do Murici Espécie Crassifólia Originária do Litoral Maranhense. In: 64ª Reunião Anual da SBPC, São Luís – MA, 1 p., 2012.

Canuto, J. A. B.; Xavier, A. A. O.; Neves, L. C.; Benassi, M. T. Caraterização Físico-química de Polpas de Frutos da Amazônia e sua Correlação com a Atividade Anti-Radical Livre. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 32, n. 4, p. 1196-1205, 2010.

Carvalho, J. E. U.; Vasconcelos, M. A. M.; Nascimento, W. M. O.; Gonçalves, A. C. S. Caracterização dos cachos e dos frutos de dois acessos promissores de muricizeiro. In: II Simpósio Brasileiro de Recursos Genéticos, Águas Claras – DF, 1 p., 2008.

Cruz, C.D (2006). Programa GENES: análise multivariada e simulação. Viçosa: UFV. 175p.

Chitarra, M. I. F.; Chitarra, A. B. Pós-colheita de frutos e hortaliças: fisiologia e manuseio. 795 p. Lavras: UFLA. 2005.

Chitarra, A. B.; Alves, R. E. Tecnologia Pós-colheita para Frutas Tropicais. Fortaleza: Instituto de Desenvolvimento da Fruticultura e Agroindústria – FRUTAL/ Sindicato dos Produtores de Frutas do Estado do Ceará, 436 p., 2001.

Dias, A. B.; Carvalho, M. A. P.; Dantas, A. C. V. L.; Fonseca, V. J. A. Variabilidade e Caracterização de Frutos de Pitangueiras em Municípios Baianos. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 33, n. 4, p. 1169-1177, 2011.

FLORA DO BRASIL 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: . Acesso em: 25 Jul. 2018.

Francis, F.J. Analysis of anthocyanins. In: MARKAKIS, P. (ed.). Anthocyanins as food colors. New York: Academic Press, 1982. p.181-207.

Guimarães, M. M.; Silva, M. S. Valor nutricional e características físicas e químicas de frutos de murici-passa (Byrsonima verbascifolia). Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 28, n. 4, p. 817-821, 2008.

Gusmão, E.; Vieira, F. A.; Fonseca-Júnior, E. M. Biometria de Frutos e Endocarpos de Murici (Byrsonima verbascifolia Rich. ex A. Juss.). Revista Cerne, v. 12, n. 1, p. 84-91, 2006.

IAL – Instituto Adolfo Lutz. Métodos Físico-químicos para Análise de Alimentos. 4ª ed., 1° ed. Digital, v. 1, São Paulo – SP, 1020 p., 2008.

Krumreich, F. D.; Corrêa, A. P. A.; Silva, S. D. S.; Zambiazi, R. C. Composição Físico-química e de Compostos Bioativos em Frutos de Bromelia antiacantha Bertol. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 37, n. 2, p. 450-456, 2015.

Lira-Júnior, J. S.; Musser, R. S.; Melo, E. A.; Maciel. M. I. S.; Lederman, I. E.,; Santos, V. F. Caracterização Física e Físico-química de Frutos de Cajá-Umbu (Spondias spp.). Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 25, n. 4, p. 757-761, 2005.

Montenegro, J.; Aniceto, A.; Abreu, J. P.; Teodoro, A. J. Características Físico-químicas e Atividade Antioxidante de Frutas da Região Amazônica. In: 69ª Reunião Anual da SBPC, Belo Horizonte – MG, 4 p., 2017.

Machado, C. G.; Oliveira, S. S. C.; Cruz, S. C. S.; Mendonça, N. G. Biometria e Caraterização Morfológica de Sementes de Araticum Oriundas de Matrizes de Palminópolis – GO. Global Science and Technology, v.9, n. 1, p. 41-47, 2016.

Mozelle, M. C.; Bachiega, P.; Souza, E. C.; Vilas-Boas, E. V. B.; Lamounier, M. L. Caracterização Física e Química de Frutos de Curriola, Gabiroba e Murici Proveniente do Cerrado Brasileiro. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 37, n.1, p. 096-103, 2015. McCread, P. M,;McComb, E. A.; Extraction end determination of total pectin materials. Analytical Chemistry, Washington, v. 24, n. 12, p. 1586-1588, 1952.

Pereira, E. S.; Ribeiro, J. A.; Raphaelli, C. O.; Camargo, T. M.; Araújo, V. F.; Franzon, R.; Vizzotto, M. Compostos bioativos e potencial antioxidante de genótipos de araçá avaliados em dois ciclos produtivos. Revista da 14ª Jornada de Pós-graduação e Pesquisa, 11 p., 2017.

Rocha, M. S.; Figueiredor. W.; Araújo, M. A. M.; Moreira-Araújo, R. S. R. Caracterização Físico-química e Atividade Antioxidante (in vitro) de Frutos do Cerrado Piauiense. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 35, n. 4, p. 933-941, 2013.

Silva, Q. J.; Figueiredo, F. J.; Lima, V. L. A. G.; Características físicas e químicas de cirigueleiras cultivadas na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Revista Ceres, v. 63, n. 3, p. 285-290, 2016.

Silva, M. I.; Martins, J. N.; Alves, J. E. A.; Costa, F. F. P. Caraterização físico-química da polpa de umbu em camada de espuma. Revista Semiárido De Visu, v. 3, n. 2, p. 82-91, 2015.

SEMARH-AL. Município de Maceió. Boletim Dezembro – 2015. Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos. Maceió, AL. Janeiro, 2015.

Schwartz, E.; FachinelO, J. C.; Barbieri, R. L.; Silva, J. B. Avaliações de Populações Butia capitata de Santa Vitório do Palmar. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 32, n. 3, p. 736-745, 2010.

Souza, C. B. L.; Nascimento, W. M. O.; Carvalho, J. E. U. Caraterização Física de Frutos de Seis Clones de Muricizeiro. In: 14° Seminário de Iniciação Científica da EMBRAPA, Embrapa Amazônia Oriental, Belém – Pará, 4 p., 2010.

Silva, J.; Silva, E. S.; Lima & Silva, P. S. Determinação da Qualidade e do teor de Sólidos Solúveis nas Diferentes Partes do Fruto da Pinheira (Annona squamosa L.). Revista Brasileira de Fruticultura, v. 24, n. 2, p. 562-564, 2002.

Valillo, M. I.; Pastore, J. A.; Eston, M. R.; Garbelotti, M. L.; Oliveira, E. Caracterização Química e Valor Nutricional dos Frutos de Byrsonima myricifolia Griseb – Malpighiaceae – Alimentos de Aves Silvestres. Revista Instituto Floresta, v. 19, n. 1, p. 39-45, 2007.

Zuffo, A. M.; Andrade, F. R.; Zuffo-Júnior, J. M. Caracterização Biométrica de Frutos e Sementes de Baru (Dipteryx alata Vog.) na Região Leste de Mato Grosso, Brasil. Revista de Ciências Agrárias, v. 37, n. 4, p. 463-471, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.28998/rca.v16i3.5479