O PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL SOB A PERSPECTIVA DE SEU USO TURÍSTICO

Rosângela Custodio Cortez Thomaz

Resumo


Este artigo tem por intuito apresentar os aspectos referentes à educação patrimonial, ao turismo cultural e aos museus, como forma de estabelecer uma proposta de ação educacional voltada ao patrimônio. O interesse social pelo patrimônio cultural, a partir da perspectiva mais antropológica, tem despertado a curiosidade de milhares de potenciais turistas que em número crescente decidem destinar uma parte de seu tempo para conhecer os recursos culturais disponíveis e a buscar outros novos destinos não valorados até o momento e que tem aberto um amplo campo de atividade turística nova.  Os acervos dos museus constituem-se em um elemento riquíssimo e a apresentação de seus bens culturais por meio de processos educativos pode torná-lo um recurso turístico em potencial, na medida em que os turistas possam vir a ter o interesse de conhecer um pouco mais sobre a história da localidade onde estão inseridos. Ao mesmo tempo, se a comunidade pertencente ao local valorizar e apropriar-se desse patrimônio, têm-se então cidadãos multiplicadores dos conhecimentos adquiridos na educação patrimonial e difusores da história regional, ou seja, mantenedores de uma identidade cultural.


Palavras-chave


museu; educação patrimonial; turismo cultural; museu de memória regional

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).