HÁBITO CULTURAL DE VISITAR MUSEUS: ESTUDO DE PÚBLICO SOBRE O MUSEU DO HOMEM DO NORDESTE, BRASIL

Luciana Ferreira da Costa, João Carlos Pires Brigola

Resumo


A relação museu e público visitante é recorrente em investigações das áreas da Museologia e da Ciência da Informação, sendo na primeira sob a denominação de estudo de público e na última ancorada pelos estudos de usuários. Desta forma, a pesquisa em relato tem como objetivo analisar o hábito cultural de visitar museus e a percepção do público/visitante, no caso estudantes do Curso de Graduação em Biblioteconomia da Universidade Federal da Paraíba, sobre o Museu do Homem do Nordeste. Para tanto, a partir da compreensão de Turismo Acadêmico, apresenta enquadramento teórico sobre definição, importância e funções dos espaços museais; iniciativas e diagnósticos de estudos de público; relação dos estudos de público da área da Museologia e os estudos de usuários da área da Ciência da Informação. Utiliza como instrumento de coleta de dados questionários elaborados mediante o aplicativo Google docs. Como principais resultados, constata que o grupo investigado frequenta raramente os espaços museais, apontando majoritariamente, o desconhecimento dos museus da cidade em que vivem, seguido da falta de interesse, falta de tempo e dificuldade de acesso aos espaços museais. Conclui que o hábito cultural de visitar museus precisa e deve ser fomentado na formação dos estudantes, considerando a raiz cultural e epistemológica que une a Museologia e a Biblioteconomia, com possibilidade de enriquecimento teórico-prático na utilização do Turismo Acadêmico como estratégia didático-metodológica na formação destas áreas.


Palavras-chave


Museu. Público visitante. Estudo de público. Museu do Homem do Nordeste. Museologia. Ciência da Informação. Turismo Acadêmico.

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).