A tradição como fantasia de mercado: um estudo sobre a função da ideologia que orienta o consumo na Folia do Papangu

Rodrigo César Tavares Cavalcanti, André Luiz Maranhão de Souza Leão

Resumo


A Folia do Papangu é uma festa carnavalesca que movimenta a economia da pequena cidade de Bezerros, interior de Pernambuco. O evento oferece uma experiência com a tradição histórica da região. O fenômeno foi observado segundo a concepção de tradição inventada de Eric Hobsbamw e o conceito de fantasia ideológica de Slavoj Žižek por meio de uma análise do discurso foucauldiana. Foram utilizados entrevistas etnográficas, fotografias, anotações de campo e documentos. Essa base teórica e metodológica permitiu entender a tradição do Papangu como fantasia ideológica a qual emerge da interação dos agentes envolvidos com o evento. Essa ideologia tem função organizativa, isto é, dá sentido e forma à gestão e fruição da festa.

Palavras-chave


Tradição, Fantasia Ideológica, Carnaval

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).