O estatuto científico da Museologia e sua relação com o Turismo pelos estudos de público de museus

Luciana Ferreira da Costa

Resumo


Este artigo tem como objetivo descrever as relações interdisciplinares entre a área da Museologia e a área do Turismo, através dos estudos de público de museus. Diante da evolução histórico-epistemológica da Museologia, enquanto disciplina científica e seu processo formativo-profissional, o artigo discute a atividade turística relacionada ao campo dos estudos de público de museus em observância à conexão realizada pelos museus entre o patrimônio cultural da humanidade e o seu público, especialmente, no caso, os visitantes turistas. Aborda, nessa conexão, novos paradigmas relacionados à cibercultura e à cultura de massa e sua influência sobre os espaços museológicos, a atividade turística, o patrimônio cultural e o seu conhecimento científico. Conclui que a realização dos estudos de público de museus de forma interdisciplinar entre a Museologia e o Turismo traz avanços não só para a ampliação do conhecimento sobre a formação profissional e para a pesquisa e o desenvolvimento destas áreas, contudo, para além, traz avanços sociais para preservação, valorização e reconhecimento da identidade, da memória social, da história e do patrimônio cultural da humanidade.


Palavras-chave


Museologia; Estudos de público de museus; Turismo; Patrimônio.

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).