FAMÍLIA E ESCOLA: RELAÇÃO QUE PROMOVE O BOM RENDIMENTO ESCOLAR DOS ALUNOS DE DUAS TURMAS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM UMA ESCOLA DA REGIÃO ARAPIRAQUENSE

Autores

  • Ruth Kesia Silva Nogueira UNEAL
  • Adriana da Silva Pereira Santana UNEAL
  • Diana Hermínio Barros dos Santos UNEAL
  • Jaqueline da Cruz Zacarias UNEAL
  • Maely Barbosa dos Santos UNEAL

Resumo

O objetivo da pesquisa consiste em investigar as relações entre família e escola e sua influência com o rendimento escolar dos alunos de duas turmas do ensino fundamental em uma escola pública da cidade de Arapiraca-Al. Como metodologia, fizemos uso de um estudo bibliográfico, que nos permitiu o acesso a diversas fontes sobre o tema da pesquisa em questão, e posteriormente de campo, com uma abordagem de natureza qualitativa, tendo em vista que a mesma não nos mostra seus resultados com um embasamento estatístico, e nos permite ter contato direto com o grupo social alvo da pesquisa, trazendo as características dos sujeitos envolvidos na análise, com base em seus relatos. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados questionários, que foram aplicados a duas professoras da escola em questão. Por meio dos resultados obtidos, procuramos conhecer as relações beneficentes estabelecidas entre escola e família, e como tais elos poderão contribuir na aprendizagem, considerando o rendimento escolar desses alunos importante para o desenvolvimento e a construção não somente de novos conhecimentos, mas sobretudo em sua formação como cidadãos. Contudo, a família e a escola precisam pôr em prática seus papeis como importantes agentes frente a construção desse sujeito. E com o estudo, pôde-se perceber que quando há diálogo, troca de saberes e a parceria logo, haverá positividade para um bom rendimento escolar.

Downloads

Publicado

03/10/2015

Edição

Seção

Família, Gênero, Infância e Juventude