QUAL A RELAÇÃO ENTRE O FETICHE DA MERCADORIA E A EDUCAÇÃO?

Autores

  • Max Silva da Rocha UFAL
  • José Bezerra da Silva UFAL / FACESTA

Resumo

Este artigo analisa o processo de mercantilização da educação sob o signo neoliberal, bem como apresenta a insuficiência de busca de cidadania como teleologia única capaz de humanizar a humanidade. No mais, o fetichismo da mercadoria esconde as verdadeiras relações sociais, as quais estão condicionadas pela dominação classista e a educação se põe diante do dilema, ou satisfazer os interesses gritantes do capital ou contribuir, através da realização de atividades educativas emancipadoras na construção da massa revolucionária. Vê-se também a invectiva de organismos internacionais em processo de colaboração com os Estados de capitalismo periférico, no sentido de financiar a educação básica e determinar os conhecimentos a serem estudados. Assim, o neoliberalismo é apreendido nas escolas com a tendência de se perenizar historicamente.

Downloads

Publicado

03/10/2015

Edição

Seção

Política e gestão educacional