PROFESSOR DE FILOSOFIA: DA TEORIA À PRAXIS

Autores

  • Natália Domingos de Oliveira UFAL

Resumo

O presente artigo pretende estabelecer um paralelo entre a realidade encontrada pelos formandos de licenciatura em Filosofia no processo de sua formação, incluindo os seus primeiros contatos em sala de aula, através das disciplinas de Estágio Supervisionado em Filosofia 1, 2, 3 e 4, que proporciona uma observação e incentiva ao aluno-estagiário buscar analisar a atuação do profissional de Filosofia do ensino médio. Em outros termos, objetivamos refletir sobre o agir e o pensar a educação de forma interventiva e qualitativa, aproximando o conteúdo filosófico da vivencia do alunado. Como lidar com a falta de estrutura básica, falta de formação específica e falta de incentivo a licenciatura dentro de um curso de licenciatura, problemas que com frequência encontramos durante a nossa formação e contato com a educação. Os problemas são inúmeros, mas pretendemos propor um viés de análise crítica de todos esses âmbitos, utilizando-se de textos trabalhados e discutidos durante as disciplinas de Estágio Supervisionado em Filosofia e textos que julgamos importantes para a discussão proposta, além de relacionar a realidade encontrada como fruto de uma sociedade capitalista.

 

Downloads

Publicado

23/10/2015

Edição

Seção

Profissão docente e formação de professores