IMPLANTAÇÃO DE HORTA ESCOLAR EM UMA ESCOLA PÚBLICA EM ARAGUATINS-TO

Autores

  • Cássio dos Santos Barroso Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins
  • Edivan dos Santos Barroso Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins
  • Eva Gonçalves de Araújo Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins
  • José Felipe Tavares de Almeida Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins
  • José Ayrton de Mendonça Vasconcelos Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins
  • Samuel de Deus da Silva Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins

Resumo

O projeto realizado na Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Denise Gomide Amui, em Araguatins-TO, foi executado por um técnico do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), um grupo de estudantes do curso de Bacharel em Agronomia e Técnico em Agropecuária do IFTO-Campus Araguatins, juntamente com um grupo de servidores, da escola em especial os coordenadores, professores, vigias, isto é, praticamente todos os componentes da escola “Denise”, com alunos do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. Com a implantação do projeto na escola, visando dar continuidade pelos professores e servidores necessitou aplicar um questionário com algumas perguntas relevantes para saber o nível de conhecimento dos integrantes em relação ao manejo adequado de uma horta. Após se obter os dados foi necessário que toda a equipe apresentasse um seminário abordando vários temas. A área utilizada para plantio totaliza 376,5 m². A produção de hortaliças dentro da unidade escolar gera impactos do ponto de vista pedagógico. O educador de várias disciplinas tem facilidade para desenvolver várias atividades com esta temática, contribuindo com novas aprendizagens; alimentar- introdução de produtos da horta orgânica na alimentação escolar; nutricional- fornecer alimentos ricos em nutrientes. Atende à necessidade alimentar de 240 estudantes complementando a merenda escolar, além de complementar as atividades educativas, melhorando a qualidade de ensino.

Biografia do Autor

Cássio dos Santos Barroso, Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins

O projeto realizado na Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Denise Gomide Amui, em Araguatins-TO, foi executado por um técnico do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), um grupo de estudantes do curso de Bacharel em Agronomia e Técnico em Agropecuária do IFTO-Campus Araguatins, juntamente com um grupo de servidores, da escola em especial os coordenadores, professores, vigias, isto é, praticamente todos os componentes da escola “Denise”, com alunos do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. Com a implantação do projeto na escola, visando dar continuidade pelos professores e servidores necessitou aplicar um questionário com algumas perguntas relevantes para saber o nível de conhecimento dos integrantes em relação ao manejo adequado de uma horta. Após se obter os dados foi necessário que toda a equipe apresentasse um seminário abordando vários temas. A área utilizada para plantio totaliza 376,5 m². A produção de hortaliças dentro da unidade escolar gera impactos do ponto de vista pedagógico. O educador de várias disciplinas tem facilidade para desenvolver várias atividades com esta temática, contribuindo com novas aprendizagens; alimentar- introdução de produtos da horta orgânica na alimentação escolar; nutricional- fornecer alimentos ricos em nutrientes. Atende à necessidade alimentar de 240 estudantes complementando a merenda escolar, além de complementar as atividades educativas, melhorando a qualidade de ensino.

Edivan dos Santos Barroso, Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins

O projeto realizado na Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Denise Gomide Amui, em Araguatins-TO, foi executado por um técnico do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), um grupo de estudantes do curso de Bacharel em Agronomia e Técnico em Agropecuária do IFTO-Campus Araguatins, juntamente com um grupo de servidores, da escola em especial os coordenadores, professores, vigias, isto é, praticamente todos os componentes da escola “Denise”, com alunos do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. Com a implantação do projeto na escola, visando dar continuidade pelos professores e servidores necessitou aplicar um questionário com algumas perguntas relevantes para saber o nível de conhecimento dos integrantes em relação ao manejo adequado de uma horta. Após se obter os dados foi necessário que toda a equipe apresentasse um seminário abordando vários temas. A área utilizada para plantio totaliza 376,5 m². A produção de hortaliças dentro da unidade escolar gera impactos do ponto de vista pedagógico. O educador de várias disciplinas tem facilidade para desenvolver várias atividades com esta temática, contribuindo com novas aprendizagens; alimentar- introdução de produtos da horta orgânica na alimentação escolar; nutricional- fornecer alimentos ricos em nutrientes. Atende à necessidade alimentar de 240 estudantes complementando a merenda escolar, além de complementar as atividades educativas, melhorando a qualidade de ensino.

Eva Gonçalves de Araújo, Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins

O projeto realizado na Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Denise Gomide Amui, em Araguatins-TO, foi executado por um técnico do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), um grupo de estudantes do curso de Bacharel em Agronomia e Técnico em Agropecuária do IFTO-Campus Araguatins, juntamente com um grupo de servidores, da escola em especial os coordenadores, professores, vigias, isto é, praticamente todos os componentes da escola “Denise”, com alunos do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. Com a implantação do projeto na escola, visando dar continuidade pelos professores e servidores necessitou aplicar um questionário com algumas perguntas relevantes para saber o nível de conhecimento dos integrantes em relação ao manejo adequado de uma horta. Após se obter os dados foi necessário que toda a equipe apresentasse um seminário abordando vários temas. A área utilizada para plantio totaliza 376,5 m². A produção de hortaliças dentro da unidade escolar gera impactos do ponto de vista pedagógico. O educador de várias disciplinas tem facilidade para desenvolver várias atividades com esta temática, contribuindo com novas aprendizagens; alimentar- introdução de produtos da horta orgânica na alimentação escolar; nutricional- fornecer alimentos ricos em nutrientes. Atende à necessidade alimentar de 240 estudantes complementando a merenda escolar, além de complementar as atividades educativas, melhorando a qualidade de ensino.

Samuel de Deus da Silva, Instituo Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Tocantins

O projeto realizado na Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Denise Gomide Amui, em Araguatins-TO, foi executado por um técnico do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), um grupo de estudantes do curso de Bacharel em Agronomia e Técnico em Agropecuária do IFTO-Campus Araguatins, juntamente com um grupo de servidores, da escola em especial os coordenadores, professores, vigias, isto é, praticamente todos os componentes da escola “Denise”, com alunos do 3º ao 5º ano do ensino fundamental. Com a implantação do projeto na escola, visando dar continuidade pelos professores e servidores necessitou aplicar um questionário com algumas perguntas relevantes para saber o nível de conhecimento dos integrantes em relação ao manejo adequado de uma horta. Após se obter os dados foi necessário que toda a equipe apresentasse um seminário abordando vários temas. A área utilizada para plantio totaliza 376,5 m². A produção de hortaliças dentro da unidade escolar gera impactos do ponto de vista pedagógico. O educador de várias disciplinas tem facilidade para desenvolver várias atividades com esta temática, contribuindo com novas aprendizagens; alimentar- introdução de produtos da horta orgânica na alimentação escolar; nutricional- fornecer alimentos ricos em nutrientes. Atende à necessidade alimentar de 240 estudantes complementando a merenda escolar, além de complementar as atividades educativas, melhorando a qualidade de ensino.

Referências

HENS, G. P.; ALCANTARA, F. A. de. Hortas: O produtor pergunta, a Embrapa responde. 1 ed. Brasília-DF, Embrapa Informação Tecnológica, 2007.

SILVA, R.C.S.; SANTOS, T.

Alimentação Escolar no Estado do Rio de Janeiro. Anais do XV Congresso Brasileiro de Nutrição.

Brasília, 1998.

SILVA, M.E.M.P; PATON, TRIGOLVA,M. Vida saudável: nutrição, nutrientes, alimentação e saúde. USP São Paulo, 1999.TODE,

A; P, ANDRADE, M; A

Educação Ambiental no Centro Estadual de Educação Continuada – CESEC- Betim MG, Dezembro de

Disponível em:

Acesso em 13 de março de 2018.

PAIVA, V. M. de O. Ambientes virtuais de aprendizagem: implicações epistemológicas. Educação em Rev., v.

, n. 3, p. 353-370, 2010

FETTER, I. S; MULLER, J; Agroecologia Merenda Escolar e Ervam Medicinais Resgatando Valores no Ambiente escolar. 2008. Disponível em:< http://www6.ufrgs.br/seeragroecologia/ ojs/sitemap. php> Acesso em 13 de março de 2018.

OLIVEIRA, C; A, SILVA, N; A Horta Escolar Ulbra Centro Universitário de Paraná, 2009. Disponível em:< http: //www.niltonbyhain. Blog. terra.com. BR/2009/05/22projeto-hortaescolar/HTML>. Acesso em 13 de março de 2018.

Downloads

Publicado

29/05/2018