Efeito da luz e da temperatura na germinação de sementes de Chorisia speciosa St. Hil

Autores

  • Nielba Juliana Santos Universidade Federal de Alagoas
  • Alyce Rocha Carvalho Universidade Federal de Alagoas
  • Carla Rocha Alves Universidade Federal de Alagoas
  • Jéssica Mariana Costa Universidade Federal de Alagoas
  • Yoah Nayara Melo Universidade Federal de Alagoas
  • Ajra Brígida Pereira Universidade Federal de Alagoas
  • Lailson César Andrade Universidade Federal de Alagoas
  • Luan Danilo Andrade Universidade Federal de Alagoas

Palavras-chave:

espécie arbórea, fotoblastismo, paineira, sustentabilidade

Resumo

  • O presente trabalho teve como objetivo estudar o efeito da luz e temperatura na germinação de sementes de Chorisia speciosa St. Hil. Os frutos maduros foram coletados de oito árvores matrizes na zona rural do município de Garanhuns-PE. Os tratamentos foram mantidos em câmaras de germinação equipadas com lâmpadas fluorescentes brancas, num arranjo fatorial 4 × 4, constituídos por quatro qualidades de luz(branco, escuro, vermelho e vermelho-distante) com fotoperíodo de 8 h de luz e 16 h de escuro, distribuídos em quatro regimes de temperatura, sendo três temperaturas constantes (20, 25 e 30 °C) e uma alternada (20-30°C, sendo 30 ºC diurno e 20 ºC noturno), utilizando-se um modelo inteiramente casualizado, com quatro repetições de 50 sementes, cada. Efetuaram-se contagens diárias até o 15º dia após a semeadura, para avaliação da primeira contagem de germinação, porcentagem de germinação e índice de velocidade germinação. As sementes de Cspeciosa são fotoblásticas neutras, sendo as temperaturas constanties de 25 e 30 ºC e alternada de 20-30 ºC com luz branca, 20-30 ºC em luz vermelha recomendadas para o teste de germinação das sementes da espécie em estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nielba Juliana Santos, Universidade Federal de Alagoas

Laboratóro de Propagação de Plantas/UFAL-CECA

Alyce Rocha Carvalho, Universidade Federal de Alagoas

Laboratório de produção de plantas

Carla Rocha Alves, Universidade Federal de Alagoas

Laboratório de produção de plentas

Jéssica Mariana Costa, Universidade Federal de Alagoas

Laboratório de produção de plantas

Yoah Nayara Melo, Universidade Federal de Alagoas

Laboratório de produção de plantas

Ajra Brígida Pereira, Universidade Federal de Alagoas

Laboratório de produção de plantas

Lailson César Andrade, Universidade Federal de Alagoas

Laboratório de produção de plantas

Luan Danilo Andrade, Universidade Federal de Alagoas

Laboratório de produção de plantas

Referências

ANDRADE, A. C. S. Efeito da luz e da temperatura na germinação de Leandra breviflora Cogn., Tibouchina benthamiana Cong., Tibouchina grandifolia Cong. e Tibouchina moricandiana (DC.) Baill. (Melastomataceae). Revista Brasileira de Sementes, Lavras, v.17, n.1, p.29-35, 1995.

ARAÚJO NETO, J. C.; AGUIAR, I. B.; FERREIRA, V. M. Efeito da temperatura e da luz na germinação de sementes de Acacia polyphylla DC. Revista Brasileira de Botânica, v.26, n.2, p.249-256, 2003.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5.ed. Jaboticabal: FUNEP, 2012. 590p.

LORENZI, H. Árvores Brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, v.1, 4.ed., 2002. p.193.

MAEKAWA, L.; ALBUQUERQUE, M. C. F.; COELHO, M. F. B. Germinação de sementes de Aristolochia esperanzae O. Kuntze em diferentes temperaturas e condições de luminosidade. Revista Brasileira de plantas medicinais, v.12, n.1, p. 23-30, 2010.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination: aid in selection and evaluating for seedling emergence and vigour. Crop Science, v.2, n.1, p.176-177, 1962.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Piracicaba-SP: FEALQ, 2ed. 2015. 660p.

MELO, L. D. F. A.; MELO JUNIOR, J. L. A.; FERREIRA, V. M. ; ARAUJO NETO, J. C. ; NEVES, M. I. R. S. Biometric characterization and seed germination of giant mimosa (Mimosa bimucronata (DC) O. Kuntze). Australian Journal of Crop Science. v. 12, p. 108-115, 2018.

MORENO-CASASOLA, P.; GRIME, J. P.; MARTÍNEZ, M. L. A comparative study of the flutuations in temperature and moisture supply on hard coat dormancy in seeds of coastal tropical legumes in México. Journal of Tropical Ecology, v.10, p. 67-86, 1994.

NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados no desempenho das plântulas. In: KRZYZANOWSKI, F. C.; VIEIRA, R. D.; FRANÇA, N. J. B. (Eds.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 1999. p.2.1-2.24.

PASSOS, M. A. A.; SILVA, F. J. B. C.; SILVA, E. C. A.; PESSOA, M. M. L.; SANTOS, R. C. Luz, substrato e temperatura na germinação de sementes de cedro-vermelho. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.43, n.2, p.281-284, 2008.

REBOUÇAS, A. C. M. N. Aspectos fisiológicos da germinação de sementes de três espécies arbóreas medicinais da caatinga. 2009. 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Garanhuns, PE, 2009.

SOUSA, M. P.; BRAGA, L. F.; BRAGA, J. F.; DELACHIAVE, M. E. A. Germinação de sementes de Plantago ovata Forsk. (Plantaginaceae): temperatura e fotoblastismo. Revista Árvore, v.32, n.1, p.51-57, 2008.

Downloads

Publicado

2018-12-15

Como Citar

SANTOS, Nielba Juliana; CARVALHO, Alyce Rocha; ALVES, Carla Rocha; COSTA, Jéssica Mariana; MELO, Yoah Nayara; PEREIRA, Ajra Brígida; ANDRADE, Lailson César; ANDRADE, Luan Danilo. Efeito da luz e da temperatura na germinação de sementes de Chorisia speciosa St. Hil. Revista Craibeiras de Agroecologia, [S. l.], v. 3, n. 1, p. e6631, 2018. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/era/article/view/6631. Acesso em: 16 jul. 2024.