DESENVOLVIMENTO DE PLÂNTULAS DE JERIMUM EM DIFERENTES SUBSTRATOS

Autores

  • Kaliane Nascimento

Resumo

As cucurbitáceas estão atualmente entre as plantas mais cultivadas no Brasil,
principalmente no Nordeste, em que as espécies Curcubita moschata e Curcubita máxima
vem contribuindo para a permanência do agricultor na zona rural. Para o desenvolvimento
de qualquer cultura é de fundamental importância a utilização de sementes e mudas de
boa qualidade sendo necessário estimar as melhores condições para produção dessas
mudas. Tendo isso em vista, o objetivo do estudo foi avaliar o desenvolvimento de
plântulas de jerimum caboclo e de jerimum de leite, provenientes de sementes semeadas
em diferentes substratos. Sementes de C. moschata e de C. máxima foram semeadas em
sementeiras de propileno em sete diferentes substratos. O delineamento estatístico
utilizado foi o inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 2x7 com 03repetições. Para a
interação todas as características foram significativas. Acentuando que os dois fatores
avaliados contribuíram para diferenças nas plântulas avaliadas. A combinação de areia
com vermiculita, possibilitou maior desenvolvimento das plântulas de C. moschata, já o
C. máxima, as plântulas mais desenvolvidas foram aquelas da combinação
substrato+areia+vermiculita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGRIANUAL, 2010. Hortifrutícolas: olerícolas, preço; In: AGRIANUAL, 2010. São

Paulo, AgraFNP, p. 353-354, 2010.

ANDRADE, A. C. S.; SOUZA, A. F.; RAMOS, F. N.; PEREIRA, T. S.; CRUZ, A. P. M.

Germinação de sementes de jenipapo: temperatura, substrato e morfologia do

desenvolvimento pós-seminal. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.35, n.2, p.609-615,

CARVALHO, P. G. B.; PEIXOTO, A. A. P. FERREIRA, M. A. J. F. Caracterização de

abóboras quanto aos teores de carotenoides totais alfa-e-beta caroteno. Brasilia: Boletim

técnico da EMBRAPA HORTALIÇA, 2011.

COSTA, A. R.; REZENDE, R.; FREITAS, P. S. L.; GONÇALVES, A. C. A.;

FRIZZONE, J. A. A cultura da abrobinha italiana (cucurbita pepo L.) em ambiente

protegido utilizando a fertirrigação nitrogenada e potássica. Revista irriga: Botucatu-SP,

v.20, n.1, p. 105-127, 2015.

CRUZ, CD. Programa Genes: Aplicativo computacional em genética e estatística.

Viçosa, UFV, Brasil, 648p. 2006.

FIGUEREDO, F. G.; et al Efeitos de diferentes substratos na germinação de amora-brava

(Maclura tinctoria (L.) D. Don ex Steud. – Moraceae). Revista Brasileira de

Agroecologia, v.7, n.2, p.1- 5, 2012.

Maclura tinctoria (L.) D. Don ex Steud. – Moraceae). Revista Brasileira de

Agroecologia, v.7, n.2, p.1-5, 2012

MARTINS, C. C.; MACHADO, C. G.; CALDAS, I. G. R.; VIEIRA, I. G. Vermiculita

como substrato para teste de germinação de sementes de barbatimão. Ciência Florestal,

v.21, n.3, p421-427, 2011.ANDRADE, A. C. S.; SOUZA, A. F.; RAMOS, F. N.; PEREIRA, T. S.; CRUZ, A. P. M.

Germinação de sementes de jenipapo: temperatura, substrato e morfologia do

desenvolvimento pós-seminal. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.35, n.2, p.609-615,

CARVALHO, P. G. B.; PEIXOTO, A. A. P. FERREIRA, M. A. J. F. Caracterização de

abóboras quanto aos teores de carotenoides totais alfa-e-beta caroteno. Brasilia: Boletim

técnico da EMBRAPA HORTALIÇA, 2011.

COSTA, A. R.; REZENDE, R.; FREITAS, P. S. L.; GONÇALVES, A. C. A.;

FRIZZONE, J. A. A cultura da abrobinha italiana (cucurbita pepo L.) em ambiente

protegido utilizando a fertirrigação nitrogenada e potássica. Revista irriga: Botucatu-SP,

v.20, n.1, p. 105-127, 2015.

CRUZ, CD. Programa Genes: Aplicativo computacional em genética e estatística.

Viçosa, UFV, Brasil, 648p. 2006.

FIGUEREDO, F. G.; et al Efeitos de diferentes substratos na germinação de amora-brava

(Maclura tinctoria (L.) D. Don ex Steud. – Moraceae). Revista Brasileira de

Agroecologia, v.7, n.2, p.1- 5, 2012.

Maclura tinctoria (L.) D. Don ex Steud. – Moraceae). Revista Brasileira de

Agroecologia, v.7, n.2, p.1-5, 2012

MARTINS, C. C.; MACHADO, C. G.; CALDAS, I. G. R.; VIEIRA, I. G. Vermiculita

como substrato para teste de germinação de sementes de barbatimão. Ciência Florestal,

v.21, n.3, p421-427, 2011.

LAVIOLA, B. G. et a Efeito de diferentes substratos na germinação e

nodesenvolvimento inicial de jiloeiro (Solanum Gilo RADDI), cultivar verde claro.

Ciência agrotécnica., Lavras, v.30, n.3, p. 415-421, 2006.

POPINIGIS, F. Fisiologia da semente. Brasília, DF: AGIPLAN, 289p, 1985.

RAMOS, S. R. R.; LIMA, N. R. S.; ANJOS, J. L. et al. Aspectos técnicos do cultivo da

abóbora na região Nordeste do Brasil. Aracaju: Embrapa Tabuleiros Costeiros, Série

Documentos, 36p, 2010.

RESENDE, G. M.; BORGES, R. M.; GONÇALVES, N. P. Produtividade da cultura de

abóbora em diferentes densidades de plantio no Vale do São Francisco. Revista

Brasileira de Horticultura, v.31, p.504-508, 2013.

SOUZA, E. G. F.; et al. Produção de mudas de cucurbitáceas utilizando esterco ovino na

composição de substratos orgânicos. Revista Agroambiente, v. 8, n. 2, p 175-183, 2014.

TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia Vegetal. 3a ed. Porto Alegre: Artmed, 719p, 2004.

Downloads

Publicado

2019-12-08

Como Citar

NASCIMENTO, Kaliane. DESENVOLVIMENTO DE PLÂNTULAS DE JERIMUM EM DIFERENTES SUBSTRATOS. Revista Craibeiras de Agroecologia, [S. l.], v. 4, n. 2, 2019. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/era/article/view/9207. Acesso em: 15 abr. 2024.