Óleos essenciais, extratos vegetais e Trichoderma sp. no controle preventivo da Antracnose em antúrio (Anthurium andraeanum Lind.)

Laura Verissimo Cavalcante, Joelma Benigna Silva Candido, Georgia De Souza Peixinho, Gerlane Do Nascimento Silva, Mayara Oliveira De Lima, Yolanda De Melo De Oliveira, Larisse Araujo De Abreu, Edna Peixoto Da Rocha Amorim

Resumo


As plantas ornamentais geralmente são atacadas por fungos causadores de manchas, dentre eles destaca-se Colletotrichum sp., que acarreta na redução da área fotossintética e, consequentemente, da produtividade. Para o controle da maioria das doenças de plantas é utilizado, principalmente, o tratamento químico sintético, porém, o uso contínuo e indiscriminado de agrotóxicos causa uma série de problemas ambientais. Os óleos essenciais, extratos vegetais e antagonistas possuem o potencial útil para manejar doenças em plantas. Assim, este trabalho teve por objetivo avaliar óleos essenciais e extratos vegetais de citronela (Cymbopogon winterianus), hortelã (Mentha spicata) e alho (Allium sativum), e Trichoderma sp. no controle preventivo de Colletotrichum sp. em hastes de antúrio. Para avaliar o efeito dos produtos, tratamentos nas doses selecionadas em experimentos anteriores, foram testados em inflorescências de antúrio 2 dias antes da inoculação do patógeno. Para a testemunha foi usada água destilada esterilizada. Após 7 dias de incubação as hastes foram avaliadas (incidência e severidade). O óleo de hortelã (50 µL.mL-1),foi capaz de reduzir a incidência e a severidade da antracnose em hastes de antúrio no controle preventivo. Trichoderma sp. (106 e 107con.mL-1), mostrou eficiência na redução da severidade da antracnose, no controle preventivo, em hastes de antúrio.

Palavras-chave


Controle alternativo, doença fúngica, controle biológico

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, L. A. S. Manual de quantificação de doenças de plantas. São Paulo. 114p. 1998.

DANTAS, A.M.M. Controle alternativo de doenças pós-colheita em mamão Formosa 'Tainung 01’. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido. 65p.2016.

EUROPEAN COMISSION ADVISORY GROUP FOR FLOWER AND LIVING PLANTS –EC, 2013. Disponível em: http://ec.europa.eu/agriculture/fruit-and-vegetables/product-reports/flowers/ Acesso em: 16 de Maio de 2019.

FURTADO, D. C. Controle alternativo de Fusarium semitectum, Colletotrichum gloesporioides, Curvularia lunata, C. eragrostides em inflorescência de Tapeinochilus ananassae. 2006. 89p. Dissertação (Mestrado) – Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Alagoas, Rio Largo, 2006.

INSTITUTO BRASILEIRO DE FLORICULTURA - IBRAFLOR. Mercado Interno12.2014. Holambra, SP: IBRAFLOR, 2015. Disponível em:

http://www.ibraflor.com/ns_mer_interno.php. Acesso em: maio de 2019.

ISMAN, M.B. Plant essential oils for pest and disease management.Crop Protection, 19: 603-608. 2000.

MACHADO, D. D. F.; FRANCINI REQUIA PARZIANELLO, F. R.; A. C. F. SILVA, ANTONIOLLI, Z. I. Trichoderma no Brasil: o fungo e o bioagente. Revista de Ciências Agrárias, Belém, v. 35, p. 274-288, 2012.

OLIVEIRA, E.S.; VIANA, F.M.P.; MARTINS, M.V.V. Alternativas a Fungicidas Sintéticos no Controle da Antracnose da Banana. Summa Phytopathologica, v.42, n.4, p.340-350, 2016.

NOZAKI, M.; DETONI, A. M.; DONADEL, F. Controle alternativo de Colletotrichum gloesporioides em frutos de goiaba com óleos essenciais. Ensaios e Ciência: Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde. v17, n2, 63-69p, 2013.

OLIVEIRA, M. M. M.; BRUGNERA, D. F.; CARDOSO, M. G.; GUIMARÃES, L. G. L.; PICCOLI, R. H. Rendimento, composição química e atividade antilisterial de óleos essenciais de espécies de Cymbopogon. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, v. 13, n. 1, p. 8-16, out. 2011.

SALGADO, S. M. L. e CAMPOS, V. P. Extratos naturais na patogenicidade e reprodução de Meloidogyne exígua em cafeeiro e de Meloidogyne incógnita raça 3 em feijoeiro. Nematologia Brasileira, 27 (1): 41-48. 2003.

SARDINHA, D. H. S.; RODRIGUES, A. A. C.; DINIZ, N. B.; LEMOS, R. N. S. de; SILVA, G. S. Fungos e nematóides fitopatogênicos associados ao cultivo de flores tropicais em São Luís – MA. Summa Phytopathol, v. 38, n. 2, p. 159-162, 2012.

SOYLU, E. M.; KURT, S.; SOYLU, S. In vitro and in vivo antifungal activities of the essential oils of various plants against tomato grey mould disease agent Botrytis cinerea. International Journal of Food Microbiology, Amsterdam, v. 143, p. 183-189, ago. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.