Subprodutos de Allium sativum na inibição do crescimento micelial de Alternaria alternata. em tomate (Solanum lycopersicum)

Joelma Benigna Silva Candido, Laura Veríssimo Cavalcante, Georgia de Souza Peixinho, Gerlane do Nascimento Silva, Mayara Oliveira de Lima, Yolanda De Melo De Oliveira, Larisse Araujo De Abreu, Edna Peixoto Da Rocha Amorim

Resumo


O tomate foi a primeira olerícola a ser industrializada, em virtude de suas características fisiológicas, como a fragilidade, sendo o fruto degradado em curto espaço de tempo. Alguns fatores são limitantes para a produção do tomate, dentre eles está a doença causada pelo fungo Alternaria alternata. Na busca por métodos de controle de doenças que sejam menos danosas ao ambiente tem assumido grande importância o controle biológico e a indução de resistência em plantas e também outras formas, como o uso de produtos naturais com ação antimicrobiana podem ser incluídas. Embora a maioria dos estudos tenha sido realizada com extratos ou óleos essenciais, outros métodos de extração ou produtos podem ser utilizados, como o hidrolato. Diante do exposto, este trabalho teve por objetivo avaliar subprodutos de alho na inibição do crescimento micelial de A. alternata isolado de tomate. O óleo essencial, extrato aquoso e hidrolato de alho foi adicionado ao meio de cultura batata-dextrose-ágar (BDA), onde cada placa recebeu um disco contendo crescimento fúngico e após cinco dias de incubação foi determinada a Percentagem de Inibição do crescimento micelial. O extrato aquoso e o hidrolato de alho, são eficientes na inibição do crescimento micelial de A. alternata em tomate.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Craibeiras de Agroecologia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.