A EXTENSÃO ACADÊMICA COMO CONTRIBUIÇÃO NA FORMAÇÃO MULTIPROFISSIONAL: EXPERIÊNCIAS DO GRUPO DE CONTADORES DE HISTÓRIAS

Andrezza Gabelle Freitas Silva, Larissa Carla de Almeida Silva, Maria Isabel Fernandes Calheiros, Rosane Ferreira Gracindo, Thassyana Barbara Ferreira de Almeida, Vanessa Candido Pontes

Resumo


Este trabalho tem como objetivo trazer o relato de acadêmicas dos cursos de enfermagem, psicologia, odontologia, terapia ocupacional e uma profissional bibliotecária sobre a experiência multiprofissional proporcionada em uma extensão vinculada a um Hospital de Ensino e Assistência em Alagoas. O projeto realiza atividades biblioterapêuticas, nos setores de pediatria, oncologia, nefrologia, clínicas, ambulatórios e maternidade. São adotadas práticas da arte de contar histórias, distribuição de pequenos textos literários, incentivo à leitura, músicas folclóricas que preservam a cultura local e teatralização com fantoches. Dessa forma, propiciando o resgate das memórias afetivas por meio da contação de histórias, compartilhando afetações e ressignificando o ambiente hospitalar que muitas vezes é tido como um espaço frio e impessoal. As ações visam à amenização do sofrimento vivenciado por pacientes e seus acompanhantes durante o momento de espera para os atendimentos e no processo de tratamento. Neste cenário de práticas a multidisciplinaridade emerge a partir do momento em que cada extensionista se propõe a fazer uma ação conjunta favorecendo a aproximação entre os diversos atores envolvidos e promoção do cuidado. Além de beneficiar aos usuário(a)s, a extensão se configura em um campo profícuo para a formação acadêmica das extencionistas no que tange à assistência em saúde humanizada. 

Palavras-chave


Multidisciplinaridade. Arte de contar histórias. Humanização.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Gep News