Explanações sobre a imigração em Alagoas à luz da teoria neoclássica da migração internacional

Everton de Souza Coelho, Dilson José de Sena Pereira

Resumo


O presente estudo resgata, inicialmente, as principais teorias da migração internacional, com o objetivo de fundamentar a análise posterior apoiada na teoria neoclássica da migração em seus aspectos macro. No momento seguinte, na tentativa de encontrar explicações para os fluxos imigratórios no estado, desenvolve-se o modelo econométrico probit, que remete à conclusão de que são fatores ligados ao mercado de trabalho (nível de emprego na economia), concentração de capital e o setor se serviços, que são cruciais para explicar a ocorrência de movimentos imigratório em Alagoas. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.28998/repd.v7i18.3670