TRABALHO INDÍGENA NA FORMAÇÃO DAS ALAGOAS (SÉCULO XIX). APONTAMENTOS

Amaro Hélio Leite da Silva

Resumo


Neste artigo, pretendemos seguir os caminhos abertos por Clóvis Antunes e Sávio de Almeida na construção da nova historiografia de Alagoas, refletindo sobre a força de trabalho indígena na perspectiva das falas e relatórios oficiais do século XIX, especialmente dos índios das matas. Consideramos esta análise fundamental, pois ela nos leva a uma relação necessária entre a história indígena e as bases da formação histórica das Alagoas: sociedade, produção e poder local. Isto significa dizer que o estudo da história indígena não passa por uma história tradicional, mas por uma história que se aproxime da vida de pessoas comuns – seu cotidiano, seu trabalho, suas lutas; enfim, sua história de resistência.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Luiz Sávio (Org.). 2004. A Mata e Palmares nas Alagoas. Arapiraca: EDUAL.

ALMEIDA, Luiz Sávio. 2008. Memorial biográfico de Vicente de Paula, o capitão de todas as matas: Guerrilha e sociedade alternativa na mata alagoana. Maceió: EDUFAL.

ALMEIDA, Luiz Sávio (Org.). 1999. Os Índios nas Falas e Relatórios Provinciais das Alagoas. Maceió: EDUFAL.

ALMEIDA, Maria Regina Celestino de. 2010. Os Índios na História do Brasil. Rio de Janeiro: Editora FGV.

ANTUNES, Clóvis. 1984. Índios de Alagoas: documentário. Maceió: EDUFAL.

BARBOSA, Bartira Ferraz. 2007. Paranambuco: herança e poder indígena – Nordeste séculos XVI-XVII. Recife: Ed. Universitária da UFPE.

CARVALHO, Edgar. 2003. Enigmas da Cultura. São Paulo: Cortez.

CARVALHO, Marcus J. M. 2007. A Mata Atlântica: sertões de Pernambuco e Alagoas, Sécs. XVII-XIX. In: CLIO – Revista de Pesquisa Histórica do Programa de PósGraduação em História da Universidade Federal de Pernambuco. n. 25-2. Recife, UFPE.

CARVALHO, Marcus J. M. 2002. Os Índios e o Ciclo das Insurreições Liberais em Pernambuco (1817 – 1848): Ideologias e Resistência. In: ALMEIDA, Luiz Sávio de; GALINDO, Marcos (orgs.). Índios do Nordeste: temas e problemas 3. Maceió: Edufal.

ESPÍNDOLA, Thomaz do Bom-Fim. 2001. A Geografia Alagoana ou Descrição Física, Política e Histórica da Província das Alagoas. Maceió: Edições Catavento. GINZBURG, Carlo. 2002. Relações de Força: história, retórica, prova. São Paulo: Companhia das Letras.

GUIMARÃES, Manoel Luiz Salgado. 2011. Historiografia e Nação no Brasil: 18381857. Rio de Janeiro: Ed. UERJ.

MARIÁTEGUI, José Carlos. 2002. El Problema del Indio.In: Índios do Nordeste: temas e problemas 3; ALMEIDA, Luiz Sávio; e GALINDO, Marcos (Orgs.). Maceió: Edufal.

MATA, Vera Lucia Calheiros. 2014. A Semente da terra: identidade e conquista territorial por um grupo indígena integrado. Maceió: Edufal/Cesmac.

MOREIRA, Vânia Maria Lousada. 2010. De Índio a Guarda Nacional: cidadania e direitos indígenas no Império (Vila de Itaguaí, 1822-1836). Revista Topoi, v. 11. N. 21, jul-dez, p. 127-142. Rio de Janeiro.

MOTA, Carlos Guilherme. 1999. Ideias do Brasil: formação e problemas (1817-1850). In: MOTA, Carlos Guilherme (Org.). Viagem Incompleta: A Experiência Brasileira. São Paulo: SENAC.

MOURA, Antonio Joaquim. 2009. Opúsculo da descrição geographica, phizica, política, e histórica, do que unicamente respeita à província das Alagôas no império do Brazil. Por hum Brazileiro. Maceió: EDUFAL: CESMAC.

RIBEIRO, Darcy. 1996. Os Índios e a Civilização: A Integração das Populações Indígenas no Brasil Moderno. São Paulo: Companhia das Letras.

SHARPE, Jim. 1992. A História Vista de Baixo. In: BURKE, Peter. A Escrita da História: Novas Perspectivas. São Paulo: Editora da Unesp.

SILVA, Amaro Hélio Leite da Silva. Serra dos Perigosos: guerrilha e índio no sertão de Alagoas. Maceió: Edufal, 2007.

THOMPSON, E. P. 1998. Costumes em Comum: Estudos sobre a Cultura Popular Tradicional. São Paulo: Companhia das Letras.

THOMPSON, E. P. Folclore. 2001. Antropologia e História Social.In: NEGRO, Antonio Luigi; SILVA, Sergio (Orgs.). As Peculiaridades dos Ingleses e Outros Artigos / E. P. Thompson. Campinas, S. P: Editora da Unicamp.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Ciências Humanas Caeté - Núcleo de Pesquisa e Estudos Arqueológicos e Históricos (NUPEAH/UFAL-Campus Sertão).

........................................................................................

Banco de dados, Diretórios & Indexadores

http://diadorim.ibict.br/handle/1/2279

 

https://www.sumarios.org/revista

 

https://latindex.org/latindex/ficha?folio=29352

 

.........................................................................................

 

Universidade Federal de Alagoas - Campus Sertão

AL - 145, nº 3849, Cidade Universitária

Delmiro Gouveia - Alagoas

CEP - 57480-000

E-mail: revista.caete@delmiro.ufal.br