Avaliação dos alunos do curso de agroecologia do IFAL, Campus Piranhas, sobre a importância das aulas práticas para sua formação

Autores

  • José Pedro da Silva Instituto Federal de Alagoas

Resumo

O contato dos alunos com a prática contribui significativamente para o aprendizado do que foi visto em sala de aula. Neste sentido, objetivou-se avaliar a importância das aulas práticas das disciplinas técnicas do Curso de Agroecologia do IFAL, Campus Piranhas. O trabalho foi desenvolvido por meio de um formulário de múltipla escolha sobre o andamento das aulas práticas e metodologia adotada nessas. Uma segunda vertente do estudo foi sobre o estado de conservação e diversificação da horta escolar e autoavaliação sobre o conhecimento das espécies plantadas e do interesse dos alunos em relação às aulas práticas. As aulas práticas atenderam parcialmente as expectativas dos alunos. Em média as aulas práticas foram consideradas essenciais para a complementação e fundamentação do ensino. A metodologia adotada pelos professores nas aulas foi considerada adequada. A horta foi considerada em condição regular a boa, e diversificada em relação às espécies cultivadas. Na autoavaliação os alunos relataram um bom conhecimento adquirido sobre as espécies cultivadas na horta e interesse mediano em relação às práticas desenvolvidas

Biografia do Autor

José Pedro da Silva, Instituto Federal de Alagoas

Doutorando em Proteção de Plantas pela Universidade Federal de Alagoas. Possui Graduação em ENGENHARIA AGRONÔMICA pela Universidade Federal de Alagoas (2009) e MESTRADO em AGRONOMIA (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Alagoas (2012). Especialista Engenharia de Segurança do Trabalho (2013). Doutorando em Proteção de Plantas (2015) Professor do Curso Técnico em Agroecologia do Instituto Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Agroecologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Agricultura, Melhoramentos de Plantas, Agroecologia, Agroenergia, Olericultura, Agricultura Familiar, Extensão Rural e Cooperativismo, culturas Regionais, Silvicultura e Sistemas Agroflorestais, Reflorestamento, Plantas Medicinais e Inseticidas, Integração Lavoura Pecuária, Manejo Agroecológica do Solo, Sistema de Produção Agropecuária, Desenvolvimento Rural Sustentável.

Publicado

05/11/2017