COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DE ALFAFA (Medicago sativa L.) CV. CRIOULA, CULTIVADA NO SERTÃO PARAIBANO SOB DOIS SISTEMAS DE PLANTIO EM DIFERENTES IDADES DE CORTES

Autores

  • Rosilene da Silva UFPB

Resumo

Objetivou-se neste trabalho avaliar as características bromatológicas da alfafa
(Medicago sativa L.) cv. ‘Crioula’, cultivada no sertão paraibano sob sistema de plantio
para produção de sementes e produção de forragem submetidas à diferentes idades de
corte. O experimento foi conduzido nas instalações da Universidade Federal de
Campina Grande, Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar (UFCG/CCTA),
campus Pombal, especificamente na Fazenda Experimental em São Domingos-PB. Os
manejos foram divididos em produção de forrageiras e de sementes em diferentes idades
de cortes. Para a produção de forragem utilizou-se o espaçamento entre linhas de 0,20 m
numa linha de 6m (3,6 m
2
cada parcela) e para a produção de sementes realizou-se o

espaçamento entre linhas de 1,00 m numa linha de 6 m (18 m2

), ambas com quatro

repetições, (área útil total de 14,4 m
2
e 72 m
2
, respectivamente) e quatro idades de
cortes (33, 35, 28 e 35 dias). Após os cortes, as plantas foram submetidas a secagem e
posterior analises. Avaliou-se a matéria fresca, matéria seca, os conteúdos de cinzas,
proteína bruta, fibra de detergente neutro, fibra de detergente ácido e as correções de
fibra de detergente neutro e fibra de detergente ácido. Observou-se que os valores de
todas as variáveis avaliadas aproximaram-se nos diferentes sistemas de cultivo assim
como nas diferentes idades de corte. Concluindo que a alfafa cv. ‘Crioula’ possui alto
potencial para exploração na região do Sertão Paraibano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BIAZZI, E.; NAZZICARI, N.; PECETTI, L.; BRUMMER, E. C.; PALMONARI, A.;

TAVA, A. Wide Genome Association Mapping and Genomic Selection for Alfalfa

(Medicago sativa) Forage Quality Traits. PLoS One, v.12, n.1, 2017.

DIAS, P. F.; CAMARGO FILHO, S. T.; ARONOVICH, S.; ARONOVICH, M.;

SOUTO, S. M.; LILYAN TAVARES SCHIMIDT, L. T. Avaliação de vinte e oito

cultivares de alfafa em Paty do Alfares, Rio de Janeiro. Agronomia, v. 36, n. 1, p. 29-

, 2002.

FERREIRA, R. P.; VILELA, D. Potencial de utilização da alfafa. In: FERREIRA, R.

P.; VILELA, D.; COMERON, E. A.; BERNARDI, A. C. C.; KARAM, D. Cultivo e

utilização da alfafa em pastejo para alimentação de vacas leiteiras. p. 15-16, 2015.

FERREIRA, R. P.; VILELA, D.; TUPY, O.; COMERON, E. D.; BASIGALUP, D. H.;

BERNARDI, A. C. C.; KUWAHARA, F. A.; KARAM, D. Potencial forrageiro da

alfafa para alimentação de vacas de leite nos trópicos. In: VILELA, D.; FERREIRA,

R. P.; FERNANDES, E. N.; JUNTOLLI, F. V. Pecuária de leite no Brasil: cenários e

avanços tecnológicos. p. 213-238, 2016.

OTERO, A.; CASTRO, M. Variability of Alfalfa (Medicago sativa L.) Seasonal Forage

Production in the Southwest of Uruguay. Agrociencia Uruguay, v.23, n.1, p.65-75.

POMPEU, R. C. F. F.; UCHOA, F. C.; NEIVA, J. N. M.; LIVEIRA FILHO, G. S.;

PAULA NETO, F. L.; SILVA, E. S.; LOBO, R. N. B.; BOTREL, M. A. Produção de

matéria seca e qualidade de quatorze cultivares de alfafa (Medicago sativa L.) sob

irrigação no Estado do Ceará. Revista Ciência Agronômica, v.34, n.2, 153- 160, 2003.

RASSINI, J. B.; FERREIRA, R. P.; COMERON, E. A.; RODRIGUEZ, N. E. Manejo

da forragem. In: FERREIRA, R. P.; VILELA, D.; COMERON, E. A.; BERNARDI, A.

C. C.; KARAM, D. Cultivo e utilização da alfafa em pastejo para alimentação de vacas

leiteiras. p. 47-63, 2015.

SILVA, D. J.; QUEIROZ, A. C. Análises de alimentos (métodos químicos e

biológicos). 3.ed. Viçosa, MG: Editora UFV, 2002, 235p.

SOARES, A. B.; BIEZUS, V.; ASSMANN, T. S.; GLIENKE, C. L.; OLIVEIRA, J. R.;

ASSMANN, A. L. Produção de proteína bruta em alfafa submetida a níveis de

adubação potássica. In: Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 34. Florianópolis,2013. Anais. CBCS, 2013.

Downloads

Publicado

2019-12-08

Como Citar

DA SILVA, Rosilene. COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DE ALFAFA (Medicago sativa L.) CV. CRIOULA, CULTIVADA NO SERTÃO PARAIBANO SOB DOIS SISTEMAS DE PLANTIO EM DIFERENTES IDADES DE CORTES. Revista Craibeiras de Agroecologia, [S. l.], v. 4, n. 2, 2019. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/era/article/view/9202. Acesso em: 29 maio. 2024.