Investigation with experimental practical activities in training geographically distant teachers

Authors

  • Valmir Heckler Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil
  • Anahy Arrieche Fazio Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil
  • Franciele Pires Ruas Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.20952/jrks1111403

Abstract

This work aims to understand the investigation combined with practical experimental activities in the formation of geographically distant teachers. The study begins by the problematization of research and experimental practices in teacher education, followed by the presentation of the work context: the Science Graduation course, in the Distance Education modality (EaD), from the Federal University of Rio Grande (FURG). The corpus of the work is composed of the students’ reflective writings built in the last stage of the investigative project proposed in the interdiscipline called Phenomena of Nature IV. In this writing, students should report what happened to them when they became involved in the development of the experimental project throughout the semester. The methodology of the research carried out is a hermeneutic phenomenological approach and the analysis of the corpus made through the Discursive Textual Analysis (ATD). From the analysis two categories emerge: 1) Co-creation potentiated by the processes of interaction and 2) Investigative projects: a means for understanding science themes and classroom methodology. It is concluded that it is essential to promote training spaces that encourage theoretical and practical reflections on experimental investigative projects combined with technological resources, promoting interactive environments that involve participants in the co-creation process from the interaction with different interfaces and languages. Therefore, the development of experimental investigative projects is possibility for the formation of Science teachers geographically distant, in which the investigation is part of the development of the project and methodology for future teaching practices.

References

Bicudo, M. A. V. (2011). Pesquisa qualitativa: segundo a visão fenomenológica. São Paulo: Editora Cortez.

Burnham, T. F., Pinto, G., Riccio, N., & Pereira, S. (2012). Ambientes virtuais de aprendizagem: o Moodle como espaço multirreferencial de aprendizagem. In.: Silva, M. (org.). Formação de professores para docência on-line. São Paulo: Loyola.

Carvalho, A. M. P. (2013). Ensino de Ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning.

Gouvea, E. P., Odagima, A. M., Shitsuka, D. M., & Shitsuka, R. (2015). Um trabalho de pesquisa-ação com uso de metodologia ativa no ensino de tecnologia da informação. Educação, Gestão e Sociedade, 5(20), 1-12.

Guidotti, C. S. A. (2019). Investigação desde a Sala de Aula de Ciências: processo de autoformação com aperfeiçoamento teórico-prático de professores no CIRANDAR. 241 p. Tese (Doutorado em Educação em Ciências). Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande.

Heckler, V. (2014). Experimentação em Ciências na EaD: indagação online com os professores em AVA.2014. 242 p. Tese (Doutorado em Educação em Ciências). Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande.

Heckler, V., Motta, C. S., & Galiazzi, M. C. (2015). A Experimentação em Ciências Constituída na Interatividade OnlinE. EmRede-Revista de Educação a Distância, 2(2), 129-143.

Madruga, Z. E. F., & Lima, V. M. R. (2019). Aprender com modelagem: relações entre modelagem (matemática) e processos criativos. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 12(2), 241-266. https://doi.org/10.5007/1982-5153.2019v12n2p241

Mercado, L. P. L. (2012) Internet e suas interfaces na formação para docência on-line. In: SILVA, Marco. Formação de professores para docência on-line. São Paulo: Editora Loyola.

Moraes, R. (2009). Educar pela pesquisa: possibilidades para uma abordagem transversal no ensino da Química/Education through investigation: Possibilities for a transversal approach to chemical education. Acta Scientiae, 11(1), 62-72.

Moraes, R., & Galiazzi, M.C. (2016). Análise Textual Discursiva. Unijuí: Editora Unijuí.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE. Curso de Licenciatura em Ciências-Rio Grande/RS. In: Projeto Pedagógico do Curso de Graduação a distância Licenciatura em Ciências/FURG, 2018. Disponível em: https://cienciasuab.furg.br/images/arquivos/2018_PPC.pdf

Sedano, L., & de Carvalho, A. M. P. (2017). Ensino de ciências por investigação: portunidades de interação social e sua importância para a construção da autonomia moral. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 10(1), 199-220. http://dx.doi.org/10.5007/1982-5153.2017v10n1p199

Wells, G. (2001). Indagación Dialógica: hacia una teoría y una práctica socioculturales de la educación. Buenos Aires: Editorial Paidós.

Wells, G. (2016). Aprendizagem dialógica: o processo dos seres humanos de falar em direção à compreensão. In Galiazzi, M. C. et al. (Org.). Indagações dialógicas com Gordon Wells. Rio Grande: Editora FURG.

Published

18/11/2020