Contemporary studies on knowledge, teaching in higher education and social representations in Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.20952/jrks1111585

Abstract

This study presents the State of the Art in the research on knowledge, teaching, higher education and social representations. The motivation for this article is based on the relevance of the use of the State of the Art from the references of Ferreira (2002), Messina (1998) and Lakatos (1991), focusing on the main aspects of the collection of work already done. We surveyed the studies that include the descriptors "knowledge, teaching, higher education and social representations" in the Portal of the Coordination for the Improvement of Higher Education Personne - CAPES and then in the Bank of Theses and Dissertations of the Brazilian Digital Library of Theses and Dissertations - BDTD. We select only those works that have a closer relationship with our object - analysis of the social representations of teachers in the Pedagogy Program of a public University in southwest Bahia on teaching in higher education. The purpose of this production is to reveal the objectives, the results and the relationship that the works found and chosen may have with each other. This exercise makes us think about what has been produced in the Post-Graduate Programs in Education-Master Level, the new discussions, as well as reflect on the relevance of our proposal.

References

Boa Sorte, P. (2020). Mark the correct answer? To whom? Deconstructing reading comprehension. Journal of Research and Knowledge Spreading, 1(1), e11550. https://doi.org/10.20952/jrks1111550

Bonfim-Silva, V. (2017). Estado da arte sobre saberes docentes no ensino de ciências e biologia entre os anos de 2005 e 2012. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia: Vitoria da Conquista-BA.

Brito, C. D. A., & Nunes, C. P. (2020). The intensification of teaching work in the context of the commercialization of higher education in Brazil. Journal of Research and Knowledge Spreading, 1(1), e11420. https://doi.org/10.20952/jrks1111420

Crusoé, N. M. de C., Sampaio, L. dos S., & Leão Maia, L. de S. (2018). Representações sociais do conceito de tempo por professores do primeiro ano do Ensino Fundamental I. Revista Práxis Educacional, 14(27). https://doi.org/10.22481/praxis.v14i27.2923

Ferreira, N. S. A. (2002). As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, 23(79), 257-272.

Gauthier, C., Stéphane Martineau, S., Desbiens, J-F., Malo, A., & Simard, D. (2013). Por uma teoria da Pedagogia. Pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Editora INIJUI.

Goldenberg, M. (2004). A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em Ciências Sociais. 8 ed. São Paulo: Record.

Jodelet, D. (2002). Representações sociais: um domínio em expansão. In: JODELET, D. (Org.).

As representações sociais. Rio de Janeiro: EDUERJ, 17-44.

Lakatos, E., & Marconi, M. A. (1991). Metodologia científica. São Paulo: Atlas.

Messina, G. (1998). Estudio sobre el estado da arte de La investigacion acerca de La formación docente en los noventa. Organización de Estados IberoAmericanos para La Educación, La Ciência y La Cultura. In: Reúnion de Consulta técnica sobre Investigación en Formácion del professorado, México.

Moscovici, S. (1978). A Representação social da psicanálise. Tradução de Álvaro Cabral.

Rio de Janeiro: Zahar Editores.

Pereira, M. A. (2017). Representações sociais de “ser professor no ensino superior”,

pelos professores do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) e sua relação com a prática pedagógica. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia: Vitória da Conquista-BA.

Pimenta, S. G. (2012). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez.

Pimenta, S. G., & Anastasiou, L. G. C. (2014). Docência no ensino superior. 5 ed. São Paulo: Cortez.

Reis, R. P. J. P. (2014). Ser professor no ensino superior: representações sociais das práticas docentes por formadores de curso de Pedagogia. Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Estácio de Sá: Rio de Janeiro.

Santos, I. T. R., Barreto, D. A. B., & Soares, C. V. C. O. (2020). Formative assessment in the classroom: the dialogue between teachers and students. Journal of Research and Knowledge Spreading, 1(1), e11483. https://doi.org/10.20952/jrks1111483

Silva, G. L. F. (2013). Representações Sociais sobre os saberes docentes necessários a sua prática dos professores de uma instituição privada de Ponta Grossa-PR. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Estadual de Ponta Grossa: Ponta Grossa-PR.

Tardif, M. (2014). Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes.

Tardif, M. (1999). Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários. Quebec, CRIFPE.

Tardif, M., & Raymond, D. (2000). Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação e Sociedade, 21(73), 209-244.

Tardif, M., Lessard, C., & Lahaye, L. (1991). Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente. Teoria & Educação, 4, 215-233.

Published

20/12/2020