Novos tempos de consolidação dos direitos sociais e seus reflexos na ação pedagógica.

Autores

  • Maria Alcina Ramos de Freitas Secretaria Estadual de Educação de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.28998/lte.2013.n.1.1064

Palavras-chave:

direitos sociais, práticas pedagógicas, homofobia.

Resumo

Este artigo é parte de uma pesquisa que teve como objetivo conhecer os processos através dos quais se produz, na escola, a homofobia. Os estudos sobre homossexualidades no ambiente escolar consideram a atuação das/os educadoras/es na esfera pública estadual. A etapa, aqui descrita, estuda a consolidação dos direitos sociais e seus reflexos na ação pedagógica. A escola, que tem como papel fundamental o processo de socialização comprometido com o incentivo ao respeito e a percepção positiva da diversidade humana, ainda não sabe lidar com a homofobia. É imprescindível que sejam oferecidas aos profissionais de educação oportunidades de repensar conceitos a respeito de tabus, valores, costumes e convicções que possam existir sobre a sexualidade, aliados ao entendimento dos mecanismos de dominação e, nesse processo, a importância que o estudo qualificado tem na percepção da fluidez das linhas imaginárias em relação às fronteiras do gênero e dos desejos sexuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-10-13

Como Citar

FREITAS, Maria Alcina Ramos de. Novos tempos de consolidação dos direitos sociais e seus reflexos na ação pedagógica. Latitude, Maceió-AL, Brasil, v. 7, n. 1, 2013. DOI: 10.28998/lte.2013.n.1.1064. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/1064. Acesso em: 27 fev. 2024.

Edição

Seção

Dossiê "Homofobia"

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.