Construção social da violência e a negação da civilidade

Autores

  • Antonio Mateus de Carvalho Soares Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB

DOI:

https://doi.org/10.28998/lte.2014.n.1.1521

Palavras-chave:

conceito, violência, sociedade, civilidade

Resumo

Este artigo de natureza teórica, tem como objetivo problematizar o conceito de violência e suas mutações através dos tempos. Apresentamos as diversas abordagens que tem caracterizado o fenômeno na literatura sociológica, de modo a situar as complexidades deste conceito. Como fenômeno social a violência é construída na relação entre os homens e se processa de forma a romper com os próprios códigos de ordens produzidos por esta relação. As compreensões expressas neste trabalho aprofundam análises sobre a violência e redimensionam os efeitos que ela produz para a condição humana. Neste contexto, manifestaremos como a violência se afirmou como uma questão pública que se insere entre as preocupações das agendas governamentais, seus jogos de poder, as relações de força e como movimento de fronteiras tênues entre o legal e o ilegal. O artigo se divide em três partes: 1- Violência e as intercalações entre civilidade e incivilidade, em que apresentamos as influências do contrato social e do Estado moderno, na caracterização da violência; 2- A violência como uma noção polissêmica, manifestando diversos conceitos e intensidades deste fenômeno; 3-  Classificar e distinguir violências e crimes, na qual explicitamos os principais elementos que diferenciam a ação violenta, através das diversas formas de agressão, da ação criminal, postulada em lei. Além de apresentar diversos conceitos sobre a violência, o artigo afirma que ela esvazia o sentido da política, como ação dialógica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-05-16

Como Citar

SOARES, Antonio Mateus de Carvalho. Construção social da violência e a negação da civilidade. Latitude, Maceió-AL, Brasil, v. 8, n. 1, 2018. DOI: 10.28998/lte.2014.n.1.1521. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/1521. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.