Transitividades nos Circuitos e Cenários das Festas Espetáculos Populares

Autores

  • Edson Silva de Farias Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.28998/lte.2016.n.1.2324

Palavras-chave:

Transitividades, Circuitos do entretenimento, Cenários lúdico-estéticos, festas-espetáculos populares

Resumo

Neste artigo, o ponto de partida é a compreensão da festa como situação descomprometida com as questões candentes da vida cotidiana. Porém, o que se procura argumentar é o quanto as festas espetáculos podem ser perspectivadas pela capacidade de viabilizar trânsitos entre as esferas política e cultural. Para isto, leva-se a sério a natureza mesma de diversão desses acontecimentos. A organização do percurso narrativo da análise está dividida em duas partes. Na primeira, retoma-se o carnaval carioca visando encontrar nele a matriz da festa espetáculo no Brasil e, no seu interior, o advento de uma modalidade de espaço-ritual mundano diversional com forte poder de conferir visibilização pública. Já, na segunda parte, o recurso à noção de mimese sensório-cromática terá por finalidade expor os trâmites e mecanismos acionados no tipo de reflexividade social promovido nos cenários lúdico-estéticos das festas espetáculos populares, que ora compõem um circuito lúdico do entretenimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edson Silva de Farias, Universidade de Brasília

Doutor em Ciências Sociais, pela Unicamp. Pesquisador do CNPq; Professor do Departamento e do PPGSOL/UnB. Professor associado do Programa de Memória: Linguagem e Sociedade/UESB. Líder do Grupo Memória, Cultura e Desenvolvimento (CMD); editor da revista Arquivos do CMD.

Referências

BACK, Ulrich. “A Reinvenção da política: rumo a uma teoria da modernização reflexiva” IN: GIDDENS, Anthony, BACK, Ulrich, LASH, Scott: Modernização Reflexiva. São Paulo: Unesp, 1997.

BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. 3a. ed. São Paulo/Brasília: Hucitec/UdUnb, 1996.

BASTIDE, Roger. As Religiões Africanas no Brasil. São Paulo: Pioneira, 1985.

BOURDIEU, Pierra. O Senso Prático. Petrópolis: Vozes, 2009.

CAVALCANTI, Bruno César. “Novos lugares da festa – tradições e mercado” IN: Dossiê Festa em Múltiplas Dimensões. Revista Observatório Itaú Cultural, n. 14, 2013.

CHIANCA, Luciana. “´O auxílio luxuoso da sanfona`: tradição, espetáculo e mídia nos concursos de quadrilhas juninas” IN: Dossiê Festa em Múltiplas Dimensões. Revista Observatório Itaú Cultural, n. 14, 2013.

DA MATTA, Roberto. Ensaios de Antropologia Estrutural. Petrópolis (RJ): Vozes, 1973.

DA MATTA, Roberto. Universo do Carnaval: imagens e reflexões. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1981.

DA MATTA, Roberto. A Casa e a Rua. São Paulo: Brasilense, 1985.

FARIAS, Edson. “Humano demasiado humano: entretenimento, economia simbólica e forma cultural na configuração contemporânea do popular” IN: FARIAS, Edson e MIRA, Maria Celeste (orgs.): Faces Contemporâneas da Cultura Popular. Jundiaí (SP): Paco, 2014.

FARIAS, Edson. “Festa da Metrópole” IN: RUBIM, Linda e MIRANDA, Nadja (orgas): Estudos da Festa. Salvador: EdUFBA, 2012.

FARIAS, Edson. Ócio e Negócio: festas populares e entretenimento-turismo no Brasil. Curitiba: Appris, 2011.

FARIAS, Edson. “A cultura popular na fisionomia da economia simbólica no Brasil”. Teoria & Pesquisa, vol. XVI n.01, jan./jun. 2007.

FARIAS, Edson. O Desfile e a cidade: o carnaval-espetáculo carioca. Rio de Janeiro: E-Papers, 2006.

FERREIRA, Felipe. Inventando Carnavais: o surgimento do carnaval carioca no século XIX e outras questões carnavalescas. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2005.

FREYRE, Gilberto. China Tropical e Outros Escritos sobre a Influência do Oriente na Cultura Luso-Brasileira. Brasília: EdUnB – São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2003.

FREYRE, Gilberto. Sobrados e Mucambos: Decadência do patriarcado rural e desenvolvimiento do urbano. Rio de Janeiro: Record, 2000.

GUERREIRO, Goli. Tramas de Tambores. São Paulo: 34, 2000.

GUMBRECHT, Hans Ulrich. Elogio da Beleza Atlética. São Paulo: Cia das Letras, 2007.

LASCH, Scott. “A reflexão e seus duplos: estrutura, estética e comunidade” IN: GIDDENS, Anthony, BACK, Ulrich, LASH, Scott: Modernização Reflexiva. São Paulo: Unesp, 1997.

LEOPOLDI, José Sávio. “Escolas de samba, blocos e o renascimento da carnavalização”. Textos Escolhidos de Culturas e Arte Populares, Rio de Janeiro, vol. 7 n.2.

KELLNER, Douglas. “Popular Culture and the Construction of Postmodern Identities” in: Scott Lash e Jonathan Friedman (org.), Modernity and Identity. Oxford/Cambridge (Mass.): Blackwell, 1993.

MATTOS, Lucília da Silva. “Belém em festa: a economia do lúdico da fé no Círio de Nazaré” IN: FARIAS, Edson e MIRA, Maria Celeste (orgs.): Faces Contemporâneas da Cultura Popular. Jundiaí (SP): Paco, 2014.

MOURA, Milton. “Êxtase e euforia: um binômio estratégico para a compreensão histórica do carnaval contemporâneo” IN: Dossiê Festa em Múltiplas Dimensões. Revista Observatório Itaú Cultural, n. 14, 2013.

NEGRÃO, Keyla. “´Arraial do arraial da pavulagem`: cultura da festa, saberes populares e espetáculo na Amazônia paraense” IN: RUBIM, Linda e MIRANDA, Nadja (orgas): Estudos da Festa. Salvador: EdUFBA, 2012.

NOBREGA, Zulmira. “A festa do maior São João do Mundo” IN: RUBIM, Linda e MIRANDA, Nadja (orgas): Estudos da Festa. Salvador: EdUFBA, 2012.

MOTTA, Aydano André. Blocos de Rua do Carnaval do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Reptil, 2013.

PAULA, Silvana G. “Quando o campo se torna uma experiência urbana: o caso do estilo de vida country no Brasil”. Estudos Sociedade e Agricultura, n.17 outubro de 2001.

QUEIROZ, Maria Isaura P. Carnaval Brasileiro: o vivido e o mito. São Paulo: Brasiliense, 1992.

SANDRONI, Carlos. “´...Do frevo e do maracatu`: música e festa no carnaval de Pernambuco”. IN: Dossiê Festa em Múltiplas Dimensões. Revista Observatório Itaú Cultural, n. 14, 2013.

SANT´ANNA, Márcia. “A festa como patrimônio cultural: problemas e dilemas da salvaguarda” IN: Dossiê Festa em Múltiplas Dimensões. Revista Observatório Itaú Cultural, n. 14, 2013.

SENNETT, Richard. A Cultura do Novo Capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2006.

SENNETT, Richard. O Declínio do Homem Público: as tiranias da intimidade. São Paulo: Cia das Letras, 1988.

SILVA, José Maria da. “Festas e identidades na Amazônia” IN: Dossiê Festa em Múltiplas Dimensões. Revista Observatório Itaú Cultural, n. 14, 2013.

WEBER, Max. Sociologia das Religiões. Lisboa: Relógio D´água, 2006.

WOUTERS, Cas. “Como os processos civilizadores continuaram: rumo a uma informalização dos comportamentos e a uma personalidade de terceira natureza” IN: FARIAS, Edson e LEÃO, Andréa Borges (orgs.): Dossiê Norbert Elias. Sociedade e Estado, vol. 27, n.03 set./dez. 2012.

Downloads

Publicado

2018-05-15

Como Citar

FARIAS, Edson Silva de. Transitividades nos Circuitos e Cenários das Festas Espetáculos Populares. Latitude, Maceió-AL, Brasil, v. 10, n. 1, 2018. DOI: 10.28998/lte.2016.n.1.2324. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/2324. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.