O Open Acess e as Comunidades Acadêmicas da Área de Biblioteconomia no Nordeste do Brasil

Autores

  • Virgínia Bárbara de Aguiar Alves Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.28998/cirev.2014v1n1d

Palavras-chave:

Acesso livre. Acesso livre – influência. Acesso livre - Região Nordeste do Brasil.

Resumo

Verificar a influência do Open Access (OA), nas comunidades acadêmicas da área de biblioteconomia das Universidades Federais da Região Nordeste do Brasil. Tem como objetivo geral identificar e discutir a influência do movimento OA. A metodologia adotada consiste na combinação da abordagem qualitativa e quantitativa; os instrumentos de recolha de dados utilizados foram questionários e entrevista. A entrevista foi aplicada ao tecnólogo sênior do Instituto Brasileiro de Informação, Ciência e Tecnologia (IBICT), com a finalidade de obter informações sobre o movimento OA no Brasil. Os questionários foram aplicados aos professores e alunos dos cursos de Biblioteconomia, com a finalidade de verificar os efeitos e as consequências do movimento OA sobre essas comunidades. Os resultados dos inquéritos apontam vários indicadores positivos da influência do movimento OA sobre essas comunidades acadêmicas, entre os quais podemos citar: a existência de repositórios institucionais em Universidades Federais Nordestinas, um alto percentual de utilização de repositórios institucionais, o elevado percentual de utilização e produção de publicações bibliográficas em OA; o conhecimento e a concordância com o movimento OA demonstram o impacto desse movimento nas comunidades acadêmicas da Região Nordeste do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Virgínia Bárbara de Aguiar Alves, Universidade Federal de Alagoas

Bacharel em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal da Bahia (1981) e mestre em Ciências da Informação pela Universidade de Brasília (1999); Especialista em Administração de Recursos Humanos e Especialista em Formação de Técnicos de Recursos Humanos (1988); Especialista em Administração Pública/Organização (1994). Trabalhei como bibliotecária nas seguintes instituições: Escola de Administração Fazendária - EAF (1982-1988); Fundação para o Desenvolvimento do Servidor Público - FUNDESP (1988 -1993); Biblioteca Pública do Estado da Bahia (1992-2003); Arquivo Público do Distrito Federal (1987-1988) e professora substituta na Universidade Federal da Bahia/Instituto de Ciências da Informação (2000-2001) atuando principalmente nos seguintes áreas: biblioteconomia, bibliotecas especializadas, públicas e universitárias, preservação e conservação. Coordenadora do Curso de Biblioteconomia/UFAL (2003-2006). Atualmente, professora adjunta I do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas - UFAL, onde ministrando as disciplinas: Estágio I; Fontes e disseminação da Informação e Administração de Unidades de Informação , líder do grupo de pesquisa Informação e conhecimento (CNPq), Conselheira da Associação dos Bibliotecarios Alagoanos no periodo de 2006 a 2007. Doutora em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais pelo Departamento de Comunicação e Artes da Universidade de Aveiro - UA em convênio com a Faculdade de Letras - FLUP da Universidade do Porto - UP .

Downloads

Publicado

2014-05-07

Como Citar

Alves, V. B. de A. (2014). O Open Acess e as Comunidades Acadêmicas da Área de Biblioteconomia no Nordeste do Brasil. Ciência Da Informação Em Revista, 1(1), 28–39. https://doi.org/10.28998/cirev.2014v1n1d

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa | Research Reports

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.