Amy Robsart: um olhar sobre as personagens femininas no teatro de Victor Hugo

Autores

  • Rosária Cristina Costa Ribeiro FALE-UFAL

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.202378.119-132

Resumo

Drama pouco conhecido e nunca publicado por Victor Hugo, Amy Robsart representa para alguns críticos a inspiração fundamental que levou o escritor ao seu prefácio do Cromwell. A partir destas considerações, propomos aqui uma breve análise das personagens femininas de Amy Robsart, seguindo um percurso dividido em duas partes. Em um primeiro momento, discutimos brevemente a composição da obra, voltando-nos para a composição do enredo, o imbróglio de sua origem e a influência do romance histórico scottiniano, nesse que é um dos primeiros dramas históricos do romantismo francês. Em um segundo momento, nos dedicamos a uma abordagem inicial das personagens da peça, nos aprofundando um pouco mais no que diz respeito às personagens femininas. Nosso objetivo ao propor esta discussão é explorar, mesmo que de modo inicial, a construção da personagem histórica feminina no drama histórico hugoano. Assim, concluímos que ao construir um drama histórico que apresenta a história de maneira romanceada, o autor coloca as personagens históricas em primeiro plano, criando uma profundidade ficcional a elas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosária Cristina Costa Ribeiro, FALE-UFAL

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005 - Bacharelado e Licenciatura), mestrado e doutorado no Programa de Pós Graduação em Estudos Literários pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2007/2013). Foi bolsista CAPES-PDSE na Université de Montpellier 3 (Groupe RIRRA 21, ano 2012). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Francesa, atuando principalmente nos seguintes temas: Língua e literatura francesas, século XIX, romance histórico, categorias da narrativa, educação e tradução. Atualmente, é professora do magistério superior na FALE - Faculdade de Letras, UFAL-Maceió, atuando nas áreas de Língua e Literatura francesas, e vice-líder do Grupo de Estudos Franceses de Aquisição de Língua e Literatura - GEFALL, da Universidade Federal de Pernambuco, vice-coordenadora da Câmara de Extensão da FALE e coordenadora dos cursos Casa de Cultura no Campus - Francês e Casa de Cultura de Expressão Francesa - Espaço Cultural.

Downloads

Publicado

2023-10-23

Como Citar

COSTA RIBEIRO, Rosária Cristina. Amy Robsart: um olhar sobre as personagens femininas no teatro de Victor Hugo. Revista Leitura, [S. l.], v. 1, n. 78, p. 119–132, 2023. DOI: 10.28998/2317-9945.202378.119-132. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/15742. Acesso em: 22 abr. 2024.