Muito além da sala de aula: letramento crítico e ensino de língua inglesa

Autores

  • William Mineo Tagata

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2014v1n53p321-341

Resumo

Este artigo se propõe a refletir sobre
a importância do letramento crítico para o
ensino de língua inglesa. De acordo com o
letramento crítico, o ensino da língua estrangeira
pode favorecer o desenvolvimento de uma
consciência crítica acerca de como nossos
sentidos e identidades são construídos, além
de apontar para a necessidade de repensarmos
os conhecimentos pertinentes à formação de
professores. Apresentamos ainda o depoimento
de uma professora de inglês, participante de
um programa de formação de professores,
que ilustra as possibilidades de reconfiguração
epistemológica desencadeada pelo processo de
formação continuada segundo o letramento crítico,
sobretudo no que diz respeito ao exercício de uma
agência por parte de professores e alunos.

 

DOI: 10.28998/2317-9945.2014v1n53p321-341

Downloads

Publicado

16/01/2019

Como Citar

TAGATA, W. M. Muito além da sala de aula: letramento crítico e ensino de língua inglesa. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 53, p. 321–341, 2019. DOI: 10.28998/2317-9945.2014v1n53p321-341. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/6934. Acesso em: 1 fev. 2023.