Turismo e patrimônio em pequenos centros e povoados históricos: quatro casos sul-brasileiros

Leonardo Valerão Oliveira, Luisa Durán Rocca

Resumo


Este trabalho tem por objetivo específico realizar a avaliação do potencial turístico de quatro pequenos assentamentos no sul do Brasil derivados da imigração açoriana durante o século XVIII: a vila de Santo Amaro do Sul (General Câmara, RS), o Centro de Taquari (Taquari, RS), o Centro Histórico de Laguna (Laguna, SC) e a freguesia de Santo Antônio de Lisboa (Florianópolis, SC). A metodologia utilizada foi a comparação com base na Matriz de Avaliação do Potencial Turístico de Localidades Receptoras proposta por Almeida (2006). Os resultados apontam que os assentamentos localizados no Estado de Santa Catarina (SC) apresentaram maior potencial que os do Estado do Rio Grande do Sul (RS). O estudo evidencia, também, a relevância do trabalho das instâncias governamentais na preservação do patrimônio, fomentando um tipo de turismo cultural que não interfere, mas, pelo contrário, preserva a identidade funcional e beneficia a população local.


Palavras-chave


Turismo Cultural. Estudo Diagnóstico. Potencial Turístico

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).