Desenvolvimento sustentável e turismo: o desafio da participação na Vila do Pesqueiro, na ilha do Marajó – Pará - Amazônia

Autores

Palavras-chave:

Desenvolvimento Sustentável, Turismo, Participação, Marajó, Amazônia

Resumo

Esse artigo aborda sobre os desafios da comunidade da Vila do Pesqueiro, na Reserva Extrativista Marinha (RESEX) em Soure (ilha do Marajó - Pará - Amazônia) para o desenvolvimento sustentável, por meio do turismo. O artigo discorre sobre o contexto local dessa comunidade, destacando as principais dificuldades nesse caminho, com uma perspectiva da participação local nos processos de desenvolvimento por meio do turismo. O estudo foi construído a partir de teorias sobre o desenvolvimento sustentável, o turismo e a participação. Metodologicamente, além do referencial teórico, foram realizadas quatro visitas a campo, com a realização de entrevistas semiestruturadas com os moradores locais da RESEX. Como resultado, a pesquisa aponta que com a instituição da RESEX, as práticas participativas também mudaram para uma compreensão de que a participação tem uma função cada vez mais política, envolvendo os moradores e o setor público, em prol de um objetivo em comum. Porém, apenas a existência desses espaços de participação não garante que haja o envolvimento dos moradores, sendo esse um dos desafios para o desenvolvimento sustentável por meio do turismo.  

Biografia do Autor

Juliana Azevedo Hamoy, UFPA

Graduada em Turismo UFPA; Mestre em Planejamento do Desenvolvimento pelo PPGDSTU/NAEA/UFPA; Doutoranda no PPGDSTU/NAEA/UFPA.

Mirleide Chaar Bahia, NAEA/UFPa

Professora do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico úmido (PPGDSTU/NAEA/UFPA); Doutora em Ciências Desenvolvimento Socioambiental (PPGDSTU/NAEA/UFPA).

Wilker Ricardo Mendonça Nóbrega, UFRN

Professor e pesquisador do Programa de Pós Graduação em Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, PPGTUR/UFRN.

Downloads

Publicado

07/05/2021