Turismo e preconceito: as (inter) relações existentes no tratar do turista com os profissionais de turismo em Salvador-BA.

Diogo Victor dos Santos, Kedma do Nascimento Bomfim, José Veiga Viñal Junior, Natalia S. Coimbra de Sá

Resumo


Este artigo visa descrever as principais demonstrações de preconceito com o profissional de turismo, em específico, o de receptivo e posto de informação turística no Aeroporto Internacional de Salvador, Bahia. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa e caracterizado por ser uma pesquisa participativa-exploratória alicerçada em entrevistas com os profissionais. Com base em estudos de vieses sociológicos, antropológicos e críticos é identificada a relevância do turismo enquanto fenômeno facilitador de relações sociais. Constatou-se na pesquisa que as relações decorrentes do encontro entre o profissional e o turista evidenciam a subserviência na atividade turística como naturalizada pelos turistas, e estes carregam em seus discursos estigmas e estereótipos em relação ao destino visitado e sua população.

Palavras-chave


turismo; turista; profissionais de turismo e hospitalidade; relação social; preconceito

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).