O atraso como instrumento de poder – o caso de Tefé no Amazonas no início do século XXI

Autores

  • Kristian Oliveira de Queiroz UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS

DOI:

https://doi.org/10.28998/rchv13n25.2022.0012

Palavras-chave:

Conflitos de terra, o poder do atraso, Tefé.

Resumo

Esse artigo visa discutir a partir de um contexto histórico o uso reiterado do território e dos recursos naturais na Amazônia por projetos que nunca se concluíram conduzidos pelo binômio governo e iniciativa privada. Os entraves provenientes da instalação de uma termelétrica movida à biomassa de dendê e dos interesses de agricultores, indígenas, da Igreja e agentes internacionais na região de Tefé no Amazonas são discutidos à luz da teoria da obra “O poder do atraso: ensaios da sociologia da história lenta” de José de Souza Martins. A metodologia se baseou no levantamento bibliográfico e no trabalho de campo com visitas institucionais e entrevistas. Evidencia-se a partir desse artigo que algumas iniciativas que visam promover projetos de desenvolvimento regional em espaços periféricos, como a Amazônia, não se concluem em função da produção de informações distorcidas e relações alienadas entre agentes mundiais e do Estado; isso acarreta conflitos de terras, desigualdades sociais e exclusão de grupos étnicos, agricultores e pobres populações urbanas.

Referências

ANTAS Jr., Ricardo Mendes. Território e regulação: espaço geográfico, fonte material e não-formal do direito. São Paulo: Associação Editorial Humanitas: FAPESP, 2005.

ARROYO, Mónica. Território nacional e mercado externo: uma leitura do Brasil na virada do século XX. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Programa de Pós-graduação em Geografia Humana. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

ARROYO, Mónica. A globalização pensada a partir do espaço geográfico. In: MENDONÇA, Francisco de Assis; LOWEN-SAHR, Cicilian Luiza; SILVA, Márcia da.(orgs.). Espaço e tempo: complexidades e desafios do pensar e fazer geográfico. Curitiba: Associação de Defesa do Meio Ambiente e Desenvolvimento de Antonia (ADEMADAN), 2009.

CARVALHO, José Barbosa. Desmatamentos, grilagens e conflitos agrários no Amazonas. 1º Ed. Manaus: Editora Valer, 2010.

COSTA, Wanderley Messias da. Ordenamento territorial e Amazônia: vinte anos de experiência de zoneamento ecológico e econômico. In: BATISTELLA, Mateus; MORAN, Emílio F.; ALVES, Diógenes S. (ogrs.). Amazônia: natureza e sociedade em transformação. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008.

ESTUDO DE IMPACTO AMBIENTAL – EIA. UTE: TEFÉ. Brasil Bio Fuels S.A. São Paulo: Mineral Engenharia e Meio Ambiente Ltda., 2011.

FAORO, Raymundo. Os donos do poder – formação do patronato político brasileiro. 13 ed. São Paulo: Globo, 1998.

FERNANDES, Florestan. Mudanças sociais no Brasil. 4 ed. São Paulo: Global, 2008 [1979].

GONÇALVES, Carlos Walter Porto. Amazônia, Amazônias. São Paulo: Contexto, 2005.

IANNI, Otávio. A luta pela terra: história social e da luta pela terra numa área da Amazônia. Petrópolis: Vozes, 1981.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Atlas do Censo 2010. Coordenação de Geografia. Rio de Janeiro: IBGE, 2013.

MARTINS, José de Souza. Expropriação & violência: a questão política no campo. São Paulo: Hucitec, 1980.

MARTINS, José de Souza. O cativeiro da terra. 4 ed. São Paulo: Hucitec, 1990.

MARTINS, José de Souza. O poder do atraso: ensaios sobre a sociologia da história lenta. 2 ed. São Paulo: Hucitec, 1999.

OLIVEIRA, Ariovaldo Umbelino de. Amazônia: monopólio, expropriação e conflitos. Série educando. 5 ed. Campinas: Papirus, 1995.

PESSOA, Protásio Lopes. História da Missão de Santa Teresa Dávila dos Tupebas – Tefé. Manaus: Editora Novo Tempo, 2005.

PINHEIRO, Wallace Meirelles. Políticas Públicas: o planejamento municipal como base para o desenvolvimento sustentável da Amazônia. Manaus: Editora Valer / Uninorte, 2008.

QUEIROZ, Claudemir. Educação Ambiental: preservar é garantir a vida para todos. Tefé: Assessoria Jurídica da Prelazia de Tefé; Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, fev. 2000.

QUEIROZ, Kristian Oliveira de. Entre motores e velas – os racionamentos e interrupções de energia elétrica no Amazonas. Curitiba: Editora CRV, 2012.

QUEIROZ, Kristian Oliveira de. A formação histórica do território tefeense. Curitiba: Editora CRV, 2015.

QUEIROZ, Kristian Oliveira de. Integração e globalização relativizada – uma leitura a partir de Tefé no Amazonas. Manaus: UEA Edições, 2017.

QUEIROZ, Kristian Oliveira de. Globalização e integração territorial – o caso da região de Tefé no Amazonas. Confins Revue, v. 35. n. 35. Paris: 2018.

QUEIROZ, Kristian Oliveira de. Os flutuantes dos lagos urbanos do Solimões: dinâmica espacial e territorialidade flutuante. Manaus: Editora UEA, 2022.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. Coleção Milton Santos. 4º ed. 5 reimpr. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2009. 1. ed. [1996].

SANTOS, Milton. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico-informacional. 5. ed. Coleção Milton Santos. 11. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2008. 1. ed. [1994].

SANTOS, Milton. Da totalidade ao lugar. 1. ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2002.

SANTOS, Milton; SILVEIRA, Maria Laura O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. 13º ed. Rio de Janeiro: Record, 2010. 1. ed. [2001].

SILVEIRA, Maria Laura. A região e a invenção da viabilidade do território. In: SOUZA, M.A.A.de (org). Território brasileiro. Usos e abusos. Campinas: Edições Territorial, 2003.

TOURINHO, Helena Lúcia Zagury. Estrutura urbana de cidades médias amazônicas: análise considerando a articulação das escalas interurbana e intraurbana. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Urbano do Centro de Artes e Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco). Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.

THÉRY, Hervé e MELLO, Neli. Atlas do Brasil: desigualdades e dinâmicas do território. São Paulo: EDUSP e Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009.

VALVERDE, Orlando. Estudos de geografia agrária brasileira. Petrópolis: Vozes, 1985.

Downloads

Publicado

04/08/2022

Como Citar

Oliveira de Queiroz, K. (2022). O atraso como instrumento de poder – o caso de Tefé no Amazonas no início do século XXI: . Revista Crítica Histórica, 13(25). https://doi.org/10.28998/rchv13n25.2022.0012