Produção científica versus linhas de pesquisa dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia e Ciências Sociais no Brasil

Autores

  • Velcimiro Inácio Maia Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ)

DOI:

https://doi.org/10.28998/lte.2017.n.2.2501

Palavras-chave:

Análise lexical, Iramuteq, Pós-graduação, Produção científica, Linhas de pesquisa.

Resumo

O objetivo foi mapear as subáreas da produção qualificada e das linhas de pesquisa dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia e Ciências Sociais (PPGS), durante dois triênios. Foi constatada a falta de alinhamento entre as temáticas da produção qualificada e das linhas de pesquisa, confrontando-se os agrupamentos de PPGS com linhas de pesquisa semelhantes com os agrupamentos pelas temáticas da produção bibliográfica. A metodologia consistiu na pesquisa quali-quantitativa por meio da análise lexical e de conteúdo dos artigos com Qualis A1, A2 e B1 e das descrições das linhas de pesquisa dos PPGS. Para isso, utilizou-se o software Iramuteq 0.7 alpha 2. Foram analisados 53 PPGS e 1627 artigos. Nas considerações finais apontamos algumas hipóteses para a questão do não alinhamento da produção com as linhas de pesquisa e direcionamentos para possíveis desdobramentos da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Velcimiro Inácio Maia, Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ)

Professor Adjunto, DTECH-Departamento de Tecnologia e Eng. Civil, Computação e Humanidades/UFSJ.

Membro do GIARS-Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Análise de Redes Sociais/UFMG

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

CAMARGO, Brigido Vizeu. Alceste: um programa informático de análise quantitativa de dados textuais. In: MOREIRA, et al. (Org.). Perspectivas teórico-metodológicas em representações sociais. João Pessoa: Editora Universitária UFPB, 2005. p. 511-539.

CAMARGO, Brigido Vizeu; JUSTO, Ana Maria. IRAMUTEQ: um software gratuito para análise de dados textuais. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v. 21, n. 2, p. 513-518, 2013.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. CAPES. Tabela de Áreas do Conhecimento Capes, 2012. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/avaliacao/instrumentos-de-apoio/tabela-de-areas-do-conhecimento-avaliacao>. Acesso em: 23 nov. 2015.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. CAPES. Cadernos de Indicadores. 2015. Disponível em: <http://conteudoweb.capes.gov.br/conteudoweb/CadernoAvaliacaoServlet>. Acesso em: 25 nov. 2015.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DO PESSOAL DE ENSINO SUPERIOR. CAPES. Documento de área 2013. 2013. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/images/stories/download/avaliacaotrienal/Docs_de_area/Sociologia_doc_area_e_comiss%C3%A3o_21out.pdf>. Acesso em: 20 out. 2015.

JUSTO, Ana Maria; CAMARGO, Brigido Vizeu. Estudos qualitativos e o uso de softwares para análises lexicais. In: NOVIKOFF, C.; SANTOS, S. R. M. & MITHIDIERI, O. B. (Orgs.). Caderno de artigos: X SIAT & II Serpro. Duque de Caxias: Universidade do Grande Rio “Professor José de Souza Herdy” – UNIGRANRIO, 2014. p. 37-54. Disponível em: <https://lageres.wordpress.com/>. Acesso em: 20 out 2015.

MACHADO, R. das N. Produtividade dos autores em ceratocone: estudo longitudinal em artigos indexados no SciELO Brasil (2001-2010). RDBCI, v. 11, n. 1, p. 1-20, 2013. Disponível em: <http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci/article/view/558/pdf>. Acesso em: 16 jul. 2015.

NASCIMENTO, Adriano Roberto Afonso do; MENANDRO, Paulo Rogério Meira. Análise lexical e análise de conteúdo: uma proposta de utilização conjugada. Estudos e pesquisas em psicologia, Rio de Janeiro, UERJ, ano 6, n. 2, 2º sem. 2006.

REINERT, M. Alceste, une méthodologie d’analyse des données textuelles et une application: Aurelia de Gerard de Nerval. Bulletin de Methodologie Sociologique, v.26, p.24-54, 1990.

REINERT, M. Alceste: Analyse de données textuelles. Manuel d’utilisateur. Toulouse: IMAGE, 1998.

Downloads

Publicado

2018-07-12

Como Citar

MAIA, Velcimiro Inácio. Produção científica versus linhas de pesquisa dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia e Ciências Sociais no Brasil. Latitude, Maceió-AL, Brasil, v. 11, n. 2, 2018. DOI: 10.28998/lte.2017.n.2.2501. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/2501. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.