Observação em estágio supervisionado de língua espanhola: reflexões dos agentes envolvidos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.202375.66%20-%2076

Resumo

O estágio supervisionado é um marco significativo na formação dos estudantes de licenciatura, por se tratar do mais evidente diálogo entre a formação acadêmica e a profissional. Este estudo, de caráter qualitativo, se debruça sobre as considerações, impressões e inquietações que atravessam os estudantes de um curso superior de Letras Espanhol no decorrer do referido estágio. Com base em princípios da Linguística Aplicada, a exemplo das contribuições de Leffa (1988), Moita Lopes (2011), Fernández González (2019) e Fontana (2011), busca-se refletir, por meio da leitura de fragmentos dos relatórios produzidos pelos estudantes ao final de sua experiência, como as impressões destacadas contribuem para a sua particular formação – acadêmica e humanística –, muito além de uma simples observação ou componente curricular. As reflexões apontam para uma espécie de autoformação conduzida pelo estagiário nesta etapa, que trará distintas contribuições ao seu futuro perfil profissional, bem como particulares impressões sobre o fazer docente, processo indispensável neste momento de sua formação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jozefh Fernando Soares Queiroz, Universidade Federal de Alagoas

Docente do curso de Letras Espanhol da Universidade Federal de Alagoas. Doutor e Mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal de Alagoas.

Downloads

Publicado

2023-04-28

Como Citar

SOARES QUEIROZ, Jozefh Fernando. Observação em estágio supervisionado de língua espanhola: reflexões dos agentes envolvidos. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 75, p. 66–76, 2023. DOI: 10.28998/2317-9945.202375.66 - 76. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/15119. Acesso em: 28 fev. 2024.