Rasurando guias e cartões postais: notas sobre uma experiência couchsurfing em Fortaleza-CE

Igor Monteiro Silva

Resumo


Resumo: A presente comunicação tem como objetivo refletir acerca das possibilides de consumo da cidade de Fortaleza, por parte de turistas e viajantes, para além daquelas sugeridas pelas narrativas contidas em guias turísticos e cartões-postais. A idéia, portanto, é pensar sobre expressões de negociação, ou mesmo de recusa, frente aos dicursos que atribuem a determinados lugares da cidade a qualidade de “turísticos”.  

 


Palavras-chave


Práticas turísticas; Experiências de viagem; Narrativas turísticas; Couchsurfing; Consumo turístico

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).