Turismo pedagógico: um olhar acerca da formação do sujeito crítico por meio da prática de mediação museológica

Autores

  • Joyce Kimarce do Carmo Pereira Universidade Federal de Minas Gerais http://orcid.org/0000-0003-0142-7201
  • Ismael Da Costa Nascimento Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Palavras-chave:

Turismo Pedagógico, Mediação, Educação patrimonial, Museu, sujeito crítico.

Resumo

Este artigo sintetiza os resultados de uma pesquisa que objetivou compreender a prática do Turismo Pedagógico no Instituto Inhotim através do programa de arte e educação proposto pelo complexo museológico. Como objetivos específicos analisaram-se de que forma a proposta de Turismo Pedagógico é aplicada, as ferramentas educativas utilizadas, assimilação da prática por parte dos indivíduos e como esse processo contribui para a formação do sujeito crítico. A metodologia utilizada foi de caráter qualitativo, com pesquisa bibliográfica, aplicação de mapa conceitual e trabalho de campo, tendo como base o “Guia Básico de Educação Patrimonial”. Constatou-se a integração do museu com a sociedade por meio do Turismo Pedagógico, no qual a visita mediada proporcionou mudança de valores e sentimento de pertencimento nos educandos. Conclui-se, que de fato ocorreram transformações de pensamentos e atitudes do público investigado, auxiliando no processo de formação enquanto sujeitos críticos.

Biografia do Autor

Joyce Kimarce do Carmo Pereira, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda em Estudos interdisciplinares do Lazer pela UFMG/EEFFTO. Mestre em Estudos interdisciplinares do Lazer pela UFMG/EEFFTO. Especialista em Políticas Públicas pela UNICAMP. Bacharel em Turismo na Universidade Federal de Minas Gerais. 

Ismael Da Costa Nascimento, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Bacharel em Turismo pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Downloads

Publicado

16/12/2019

Edição

Seção

Artigos