O hipergênero quadrinhos no livro didático de Língua Portuguesa

Autores

  • Cristiana da Silva Oliveira Universidade Federal de Alagoas - UFAL
  • Fabiana Pincho de Oliveira Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Palavras-chave:

Quadrinhos, Multimodalidade, Língua Portuguesa

Resumo

O ensino e a aprendizagem de textos exigem o domínio de vários tipos de conhecimentos, o reconhecimento da diversidade de gêneros textuais que circulam nas variadas esferas de comunicação humana, as modalidades oral e escrita da língua, os modos de circulação dos textos, entre outras determinações. Considerando também as múltiplas semioses e o universo digital, faz-se necessário que o professor de língua portuguesa esteja em constante atualização para ensinar as habilidades necessárias para manusear os diferentes meios de comunicação e trabalhar essa multimodalidade no ambiente escolar. Os quadrinhos é um hipergênero textual que possibilita trabalhar esse aspecto, principalmente por ser formado majoritariamente por texto e imagem e possuir recursos próprios para representar a narrativa. Fundamentado sobretudo em pesquisas de Ramos (2009), Santos (2012) e Vergueiro (2012), o presente trabalho busca descrever e analisar o tratamento que esse hipergênero recebe num livro didático de Língua Portuguesa, adotado em escolas públicas do estado de Alagoas. A análise do material mostra a preferência pelo gênero tirinha para estudo e análise de questões gramaticais e também de recursos gráficos dos quadrinhos, apresentando os quadrinhos e seu aspecto multimodal de maneira satisfatória, expondo suas características e incentivando os estudantes a perceberem tais características e a refletirem sobre elas nas atividades propostas ao longo dos capítulos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVARENGA, Marcos Aurélio do Carmo. Mangás – histórias em quadrinhos da terra do sol nascente. Revista Estética e Semiótica, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 74–86, 2023.

ASSIS, Lúcia Maria de; MARINHO, Elyssa Soares. História em quadrinhos: um gênero para a sala de aula. In: NASCIMENTO, Luciana. ASSIS, Lúcia Maria de. Oliveira, Aroldo Magno de (orgs.). Linguagem e ensino do texto: teoria e prática.1ª ed. São Paulo: Blucher. 2016. 150p.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/#fundamental/lingua-portuguesa#competencias-especificas-de-lingua-portuguesa-para-o-ensino-fundamental . Acesso em: 1 de maio 2023.

CARTUM. Disponível em: https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/lingua-portuguesa/cartum. Acesso em: 10 de abril de 2023.

CHARGE. Disponível em: https://blogdoaftm.com.br/category/charges/. Acesso em: 10 de abril de 2023.

FRANÇA, Mariany Pereira Cavalcanti de. Quadrinhos em sala de aula: estratégias metodológicas para as práticas de leitura e escrita em uma turma de 8º ano. 2023. 193p.

MANGÁ: Disponível em https://aminoapps.com/c/noragami-wa/page/item/noragami-manga-capitulo-38/rp82_xYIqImPwPLqlz111YLjVz8l1KemPj. Acesso em: 10 de abril de 2023.

NEVES, Sílvia da Conceição. A história em quadrinhos como recurso didático em sala de aula. Tocantins. 2012.

ORMUNDO, Wilton; SINISCALCHI, Cristiane. Se liga na língua: leitura, produção de texto e linguagem. 1ª edição. São Paulo: Moderna. 2018.

RAMOS, Paulo. A leitura dos quadrinhos. São Paulo: Contexto, 2009.

RAMOS, Paulo. Histórias em quadrinhos: gênero ou hipergênero? ESTUDOS LINGUÍSTICOS, São Paulo, 38 (3): 355-367, set.-dez. 2009.

RAMOS, Paulo. Humor nos quadrinhos. In: VERGUEIRO, Waldomiro; RAMOS, Paulo. Quadrinhos na educação: da rejeição à prática. São Paulo: Contexto, 2009.

RAMOS, Paulo. Recursos de oralidade nos quadrinhos. In: ELIAS, Vanda Maria (org.). Ensino de Língua Portuguesa: oralidade, escrita e leitura. 1ªed. São Paulo: Contexto, 2013.

REVISTA em quadrinhos. Disponível em: http://www.cineecia.com/2022/09/quadrinhos-sandman-das-hqs-para-as.html. Acesso em: 10 de abril de 2023.

SANTOS, Roberto Elísio dos; VERGUEIRO, Waldomiro. Histórias em Quadrinhos no processo de aprendizado: da teoria à prática. Revista EcoS, São Paulo, n. 27, p. 81-95, jan./abr. 2012.

SANTOS, Roberto Elísio dos; VERGUEIRO, Waldomiro. Histórias em Quadrinhos no processo de aprendizado: da teoria à prática. Revista EcoS, São Paulo, n. 27, p. 81-95, jan./abr. 2012.

TAVARES, Mayara Barbosa. O uso das histórias em quadrinhos no contexto escolar: contribuições para o ensino/aprendizado crítico-reflexivo. Goiás. 2011.

TIRA cômica seriada. Disponível em: https://www.dropbox.com/sh/ybm9jmfuxy69iyk/AABE_fKjhg6lsn5Tq6uTuv57a?dl=0.Acesso em: 8 de julho 2023.

TIRA cômica. Disponível em: https://www.parabolablog.com.br/index.php/ar/blogs/narrativas-em-tiras-quadrinhos-na-sala-de-aula. Acesso em: 10 de abril de 2023.

Downloads

Publicado

2024-05-13

Como Citar

DA SILVA OLIVEIRA, Cristiana; PINCHO DE OLIVEIRA, Fabiana. O hipergênero quadrinhos no livro didático de Língua Portuguesa. Revista Areia, [S. l.], v. 7, n. 8, p. 36–57, 2024. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/rea/article/view/17235. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)