“O que o inglês representa na sua vida?”: reflexões situadas sobre crenças de aprendizes de inglês de uma classe multisseriada

Autores

  • Ricardo Regis de Almeida UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

DOI:

https://doi.org/10.28998/revistaleitura.v1i73.13042

Resumo

O presente estudo investiga as crenças de alunos de uma classe multisseriada, situada na cidade de Goiânia-GO, com relação ao modo como aprendem, enxergam e vivenciam a língua inglesa dentro e fora da sala de aula. Para tanto, os conceitos teóricos que embasam a discussão de crença (BARCELOS, 2001, 2004, 2006; PINCOWSCA, 2011; SHEIFER, 2011; SILVA, 2011) e narrativa (CONNELLY, CLANDININ, 1990; MELLO, 2010; PAIVA, 2008) são abordados. Na sequência, a metodologia utilizada na pesquisa e os procedimentos de análise do material empírico são apresentados. Por fim, algumas considerações são tecidas no intuito de apontar os mais relevantes achados da pesquisa e incentivar professores de línguas a investigar o papel das crenças no processo de aprendizagem de língua inglesa a partir das narrativas dos estudantes.

Downloads

Publicado

30/08/2022

Como Citar

REGIS DE ALMEIDA, R. “O que o inglês representa na sua vida?”: reflexões situadas sobre crenças de aprendizes de inglês de uma classe multisseriada. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 73, p. 14–27, 2022. DOI: 10.28998/revistaleitura.v1i73.13042. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/13042. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Estudos Linguísticos