A construção do papel do Estado no discurso neoliberal atravessado por identificações de gênero

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2021v0n69p206-216

Palavras-chave:

Análise do Discurso. Discurso Neoliberal. Gênero morfológico. Estado

Resumo

A partir do lugar teórico e analítico da Análise do Discurso, pretendemos compreender a relação entre gênero e o discurso neoliberal. Analisaremos os discursos empresariais veiculados em sites de grupos empresariais olhando para as políticas de inclusão de mulheres em posições de chefia que visam promover uma administração mais paritária pensando, especificamente, no papel projetado ao Estado nessas políticas. Para fazermos nossas análises, comparamos o discurso neoliberal atravessado por identificações de gênero a análises do discurso neoliberal sem esse atravessamento para compreendermos a construção do papel do Estadonesses discursos. Interessa-nos pensar como o entrecruzamento por identificações de gênero afeta valores projetados como dos mais importantes a uma prática neoliberal, que é a liberdade frente a um intervencionismo do Estado. Com o atravessamento por identificações de gênero, no entanto, o Estado é responsabilizado por estender a liberdade do mercado, enfim, para todos e para todas.

Biografia do Autor

Raquel Noronha, Unicamp/ Capes

Bacharela em linguística com mestrado e doutorado (em andamento) em Análise do Discurso (IEL-Unicamp). Pesquisadora do grupo de pesquisa Mulheres em Discurso.

Downloads

Publicado

14/06/2021

Como Citar

NORONHA, R. A construção do papel do Estado no discurso neoliberal atravessado por identificações de gênero. Leitura, [S. l.], n. 69, p. 206–216, 2021. DOI: 10.28998/2317-9945.2021v0n69p206-216. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/11393. Acesso em: 28 set. 2022.