Gestão de geoparques: sugestão para o Projeto Geoparque Cariri Paraibano

Milca Laís da Luz Macieira, Leonardo Figueiredo de Meneses

Resumo


Com o intuito de promover conhecimento, proteger o geopatrimônio e desenvolver sustentavelmente as comunidades, surgem os geoparques como instrumentos inovadores de conservação. Para que sejam eficientes, necessitam uma estrutura de gestão flexível e eficaz, que integre população, poder público e iniciativa privada. Assim, a pesquisa propõe uma estrutura de gestão para o Projeto Geoparque Cariri Paraibano – PGCP, situado nos Cariris Velhos da Paraíba. A metodologia do trabalho consistiu em pesquisa bibliográfica e in loco, realizada com idas à campo para entender a realidade local, de maneira que a estrutura proposta seja adequada a conjuntura da área. Como resultado, apresenta-se uma síntese dos modelos mais comumente utilizados na gestão de geoparques e propõe-se o modelo de Associação para formatação da gestão do PGCP, visto que essa estrutura de gestão possui maior grau de liberdade e flexibilidade de alcançar recursos em diversas fontes. Conclui-se, que a criação jurídica do geoparque é de suma importância para que ele se efetive enquanto instrumento de desenvolvimento regional e para que seja possível ter segurança jurídica sobre seus atos.

Palavras-chave


Gestão; Associação; Geoparques

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).