HOSPITALIDADE E A TRANSVERSALIDADE DAS MIGRAÇÕES

Isabela de Fátima Fogaça, Lélio Galdino Rosa

Resumo


Esse ensaio foi apresentado no 5º. Congresso Latino-Americano de Investigação Turística (CLAIT), tem como marco teórico a obra Hospitalidade e Migrações Internacionais: O Bem Receber e O Ser Bem Recebido e busca realizar uma discussão sobre a sociabilidade e a solidariedade entre os povos; a discriminação para com o estrangeiro; as políticas governamentais que favorecem ou desfavorecem a hospitalidade entre receptores e os migrantes; a ausência de hospitalidade na terra natal; o assistencialismo para com os imigrantes e o emigrante e os conflitos vividos pelos migrantes. Como metodologia para sua realização optou-se pela pesquisa bibliográfica, bem como por meio da sistematização de experiências vivenciadas e observadas pelos autores enquanto estrangeiros “dentro” e fora de seu país e estudiosos da hospitalidade. Desse modo, considera-se que as adversidades vividas por muitos estrangeiros na chamada “terra escolhida” demanda uma revolução na forma de ser e pensar do ser humano para podermos então vivenciar os princípios da verdadeira hospitalidade para com o estrangeiro.


Palavras-chave


Hospitalidade; Migração; Qualidade de vida.

Texto completo:

PDF



Locations of visitors to this page

Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR Penedo, Alagoas, Brasil. ISSN: 2236-6040.


Licença Creative Commons
Os originais publicados na Revista Iberoamericana de Turismo estão disponibilizados de acordo com uma Licença Creative Commons 3.0 Brasil (obrigatoriedade de atribuição de créditos/vedado uso comercial/vedada criação de obras derivadas/permitida citação referenciada).