A Leitura como um acontecimento de sentido

Autores

  • Verena Santos Andrade Ferreira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.28998/revistaleitura.v1i73.13523

Resumo

Esse artigo traz uma reflexão acerca da leitura como experiência de sentido, aquilo que acontece ao sujeito, conforme entendimento do espanhol Larossa Bondía, professor da Faculdade de Barcelona e pós-doutor pelo Instituto de Educação de Londres, que pensa a leitura a partir de uma perspectiva distinta daquela em que historicamente foi forjada, sob as expectativas das classes hegemônicas, que determinam os efeitos desejados para essa atividade. Por sua vez, essas expectativas desconsideram a historicidade de muitos sujeitos, especialmente daqueles cujas leituras se afastam dos padrões estabelecidos. O objetivo desse artigo, construído a partir de uma revisão bibliográfica do tipo narrativa, é, à luz do conceito e dos princípios da experiência, resgatar a legitimidade de determinados “efeitos” da leitura, pois, ainda que tenha sido reconhecida a historicidade do leitor na construção do sentido do texto, este ainda é pensado através da razão instrumental e de padrões hegemônicos consolidados por diferentes agências.

Downloads

Publicado

30/08/2022

Como Citar

SANTOS ANDRADE FERREIRA, V. A Leitura como um acontecimento de sentido. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 73, p. 190–199, 2022. DOI: 10.28998/revistaleitura.v1i73.13523. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/13523. Acesso em: 8 dez. 2022.