Comentários sobre as traduções da “Nota sobre o discurso” de Ferdinand de Saussure no Brasil: elementos para leitura da “Nota”

Autores

  • Valdir do Nascimento Flores Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2019v1n62p173-190

Palavras-chave:

saussurianismo, discurso, tradução, retradução

Resumo

Este texto busca comentar as duas traduções brasileiras da “Nota sobre o discurso”, um manuscrito do linguista Ferdinand de Saussure. Os comentários são feitos a partir da comparação entre as traduções, em que se procura destacar as diferenças de leitura do texto de partida que cada texto de chegada registra. Do ponto de vista do campo da tradução, mobiliza-se a noção de retradução, em duas perspectivas distintas (cf. MESCHONNIC, 2010 e BERMAN, 2017), como forma de fundamentar a ideia de que as traduções de Saussure no Brasil condensam as leituras que o autor recebeu no contexto brasileiro. Do ponto de vista linguístico, recorre-se à distinção semiótico/semântico (cf. BENVENISTE, 1989) para defender a ideia de que as traduções buscam explicitar o que se considera o “intentado” do discurso, no caso, da “Nota sobre o discurso”.

 

Commentaries on the translations of “Notes on discourse” by Ferdinand de Saussure in Brazil: elements for the reading of the “Note”

This study seeks to comment on the two Brazilian translations of the Note on discourse, a manuscript by linguist Ferdinand de Saussure. The remarks are based on the comparison between the translations, seeking to highlight the different readings of the source text that each target text registers. From the point of view of the field of translation, the notion of retranslation is mobilized in two different perspectives (MESCHONNIC, 2010; BERMAN, 2017), as a way to expound the idea that Saussure’s translations in Brazil condense the interpretations that the author was given in the Brazilian context. From the linguistic point of view, the distinction between semiotic/semantic (BENVENISTE, 1989) is used to defend the idea that the translations seek to make explicit what Benveniste names the “intended” of discourse, in this case, of the Note on discourse.

Keywords: Saussurianism. Discourse. Translation. Retranslation

 

DOI: 10.28998/2317-9945.2019v1n62p173-190

Biografia do Autor

Valdir do Nascimento Flores, Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Realizou estudos de pós-doutorado (CNPq) na Université de Paris XII-Val-de-Marne e na Université de Paris X-Nanterre (CAPES). Atualmente, é professor Titular de Linguística e Língua Portuguesa do curso de graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professor e orientador do Programa de Pós-graduação em Letras da mesma Universidade. É pesquisador PQ-CNPQ.

Downloads

Publicado

04/12/2018

Como Citar

FLORES, V. do N. Comentários sobre as traduções da “Nota sobre o discurso” de Ferdinand de Saussure no Brasil: elementos para leitura da “Nota”. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 62, p. 173–190, 2018. DOI: 10.28998/2317-9945.2019v1n62p173-190. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/4505. Acesso em: 17 ago. 2022.