Da importância da diversidade linguística na conformação do conceito saussuriano de língua

Autores

  • Janaína Nazzari Gomes Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2019v1n62p13-32

Palavras-chave:

diversidade linguística, conceito de língua, Saussure

Resumo

O presente estudo parte das reflexões de Ferdinand de Saussure acerca do fenômeno da diversidade linguística com vistas a compreender como contribuíram para a conformação do construto teórico saussuriano sobre a língua. De fato, apesar de ter sido realocado para a quarta parte do Curso de Linguística Geral (1916), a análise do fenômeno (as línguas) fora a primeira parte do terceiro e último curso que o genebrino proferiu em Genebra entre 1910 e 1911. Percurso semelhante ao do terceiro curso é, igualmente, encontrado nas três conferências de Genebra, proferidas em 1891, ou seja, duas décadas antes do terceiro curso de linguística geral. A permanência da análise do fenômeno para a posterior elaboração do construto teórico fornece-nos pistas acerca de sua importância para o conceito saussuriano de língua.


On the importance of linguistic diversity in the conformation of Saussurean concept of language

This study is based on the reflections by Ferdinand de Saussure on the phenomenon of linguistic diversity, aiming to understand how they contributed to the conformation of the Saussurian theoretical construct on langue. In fact, even though it was reallocated to the fourth part of the Course in General Linguistics (1916), the analysis of the phenomenon (languages) had been the first part of the third and last course the Genevan gave in Geneva between 1910 and 1911. A similar path to the third course is equally found in the three Geneva conferences, given in 1891, two decades before the third course in general linguistics. The permanence of the analysis of the phenomenon for the later development of the theoretical construct provides us clues regarding its importance for the Saussurian concept of langue.

Keywords: Linguistic diversity. Langue. Saussure


DOI: 10.28998/2317-9945.2019v1n62p13-32


Biografia do Autor

Janaína Nazzari Gomes, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Ciências da linguagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e bolsista do CNPq, Janaína Nazzari Gomes tem também mestrado nessa mesma área e é graduada em Letras - português-francês -, ambas as formações pela instituição de ensino superior já citada. Investigou, no trabalho monográfico e na dissertação, o processo de apropriação de língua estrangeira à luz das reflexões de Émile Benveniste e Ferdinand de Saussure, respectivamente. Participa do grupo de pesquisa "O rastro do som em Saussure", coordenado pela prof. dra. Luiza Milano. Organizou e lecionou, junto ao Departamento de francês da referida universidade, cursos de extensão sobre fonética da língua francesa a estudantes de Letras francesas e a público em geral. Conduz ateliês de sensibilização à diversidade do fato francófono das Américas a público universitário e a professores de língua e continua a ministrar oficinas de fonética da língua francesa. É membro do Conselho de administração do Centre de la francophonie des Amériques, organismo estatal quebequense, a título de pessoa proveniente do exterior do Canadá.

Downloads

Publicado

04/12/2018

Como Citar

GOMES, J. N. Da importância da diversidade linguística na conformação do conceito saussuriano de língua. Leitura, [S. l.], v. 1, n. 62, p. 13–32, 2018. DOI: 10.28998/2317-9945.2019v1n62p13-32. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/4939. Acesso em: 17 ago. 2022.