Narrativas do leitor do literário pelo viés da análise progressiva de Roland Barthes

Janete Ribeiro Nhoque, Adair de Aguiar Neitzel

Resumo


Este artigo apresenta uma proposta de análise metodológica de textos narrativos em pesquisas acadêmicas que busca ampliar as possibilidades interpretativas do pesquisador, tendo como palimpsesto a análise progressiva do texto literário, proposta por Barthes (1999). O objetivo é exemplificar a utilização dessa metodologia a partir de dados construídos em uma pesquisa mais ampla, envolvendo narrativas de leitores do literário. Foi possível constatar que a utilização dessa metodologia coloca em foco o processo de escuta do pesquisado, no qual o pesquisador é um articulador, um mediador entre a narrativa e os sentidos que nela emergem. A análise progressiva da narrativa apresenta-se como outra possibilidade metodológica de pesquisas que envolvam as artes, no campo das Ciências Humanas, em especial o da Educação.

 


Palavras-chave


Análise progressiva; Formação de leitores; Leitor do literário; Mediação de leitura.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria de Fátima Xavier da Anunciação de. O ensino de leitura literária nas vozes de professores de português recém-formados. 2016. 178 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2016.

BARTHES, Roland. S/Z. Coleção Signo. Tradução Maria de Santana Cruz e Ana Mafalda Leite. Lisboa: Edições 70, 1999.

BARTHES, Roland. O prazer do texto. Tradução J. Guinsburg. 6. ed. São Paulo: Perspectiva, 2013.

BARTHES, Roland. O rumor da língua. Tradução Andréa Stahel M. da Silva. 3. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012.

BLOG DO PROLIJ. Sobre o Prolij. 2017. Disponível em: http://blogdoprolij.blogspot.com.br/. Acesso em: 14 fev. 2018.

BRIDON, Janete. Entre um texto e outro, o leitor em formação. 2013. 161 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2013.

ECO, Humberto. Ensaios sobre literatura. 2. ed. Tradução Elaine Aguiar. Rio de Janeiro: Record, 2003.

FLICK, Uwe. Entrevista Episódica. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George. (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 3. ed. . reimp. Tradução Pedrinho A. Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2015. p. 114-136.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método I: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. 15. ed. 1. reimp. Tradução Flávio Paulo Meurer. Petrópolis: Vozes, 2016.

GASKELL, George. Entrevistas individuais e grupais. In: BAUER, Martin. W.; GASKELL, George. (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 3. ed. 1. reimp. Tradução Pedrinho A. Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2015. p. 64-89.

HEIDEGGER, Martin. Caminhos da linguagem. Tradução Marcia Sá Cavalcante Schuback. 5. ed. Petrópolis: Vozes; São Paulo: Editora Universitária São Francisco, 2011.

JOVCHELOVITCH, Sandra; BAUER, Martin. W. Entrevista Narrativa. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George. (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 3. ed. 1. reimp. Tradução Pedrinho A. Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2015. p. 90-113.

LISPECTOR, Clarice. Crônicas Parágrafo Jovens: de amor e amizade. Organizado por Pedro Karp Vasquez. Rio de Janeiro: Rocco, 2010. p. 67-68.

MANGUEL, Alberto. Os livros e os dias, um ano de leituras prazerosas. Tradução José Geraldo Couto. 1. reimp. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

MINHAS TARDES com Margueritte. Direção de Jean Becker. Produção de Louis Becker

e Gérard Depardieu. França: Imovision, 2010. 1 DVD (82 min), son., color.

NHOQUE, Janete Ribeiro. A leitura do literário como experiência. 2019. 314 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2019.

OCTÁVIO, Raquel Gonçalves. Práticas de leitura entre leitores escolares e leitores contemporâneos: a ilusão do real. 2014. 133 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

OFFIAL, Patrícia Cesário Pereira. Formação de leitores do literário: uma experiência na Escola da Ponte. 2012. 134 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2012.

PETIT, Michèle. A arte de ler: ou como resistir à adversidade. 2. ed. 1. reimp. Tradução Arthur Bueno e Camila Boldrini. São Paulo: 34, 2012.

PISKE, Gabriela. Encontros literários pela mediação em leitura. 2017. 158 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2017.

TODOROV, Tzvetan. A literatura em perigo. Tradução Caio Meira. 3. ed. Rio de Janeiro: DIFEL, 2010.

VERTER, Lívia da Silva Perenha. Mediação de leitura do literário no Ensino Médio pela via fruitiva. 2019. 95 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2019.

WEISS, Cláudia Suéli. A leitura de literário e a sala de aula: mediações em/de leitura. 2016. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2016.




DOI: https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n27p105-124

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

_________________________________________________________________________________________________________________________

CONTATO:

E-mail: debatesemeducacao@gmail.com

Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Centro de Educação – CEDU
Programa de Pós-graduação em Educação – PPGE
Campus A. C. Simões
Av. Lourival Melo Mota, s/n - Tabuleiro do Martins
57072-900 - Maceió - AL, Brasil.
Telefone: +55 82 3214 1196
Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/

ISSN ELETRÔNICO: 2175-6600

DOI (Digital Object Identifier - Identificador de Objeto Digital)

Em 14 de dezembro de 2017, a Revista Debates em Educação passou a atribuir o DOI às suas publicações, padrão para identificação de documentos em redes digitais. 

Prefixo: 10.28998/2175-6600

QUALIS/CAPES (2013 - 2016):

– Ensino B1
– Interdisciplinar B4
– Letras / Linguística B4
– Psicologia B4
– Comunicação e Informação B4
– Sociologia B4
– Educação B5

PERIODICIDADE – QUADRIMESTRAL

De 2009 a 2016, a periodicidade da Revista Debates em Educação era semestral. A partir de 2017, a revista se tornou quadrimestral, de acordo com as datas abaixo:

– Primeiro quadrimestre: jan./abr. - limite para publicar a edição 30 abril.
– Segundo quadrimestre: maio/ago. - limite para publicar a edição 31 agosto.
– Terceiro quadrimestre: set./dez. - limite para publicar a edição 31 dezembro.

Os dizeres acima dizem respeito somente à data de publicação da edição e não ao envio de artigos.

O recebimento de artigos caracteriza-se por fluxo contínuo sem que seja possível prever a data de sua publicação.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação foi contemplada com o Edital Fapeal Nº 5/2016 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos e com o Edital Fapeal Nº 9/2018 Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos.

________________________________________________________________________________________________________________________

A Revista Debates em Educação está indexada nas seguintes bases científicas.

 

. Open Journal Systems (OJS);

. Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES);

. Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);

. Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);

. Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras (Diadorim);

. Directory of Open Access Journals (DOAJ);

Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IRESIE);

European Reference Index for the Humanities (ERIH);

. Google Scholar;

. Clasificación Integrada de Revistas Científicas (CIRC);

. Periódicos de livre acesso (LivRe);

. Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Cientifico (REDIB);

. Sumários de Revistas Brasileiras (Sumários.org);

. Journals for Free (J4F);

. Information Matrix for the Analysis of Journals (MIAR);

. Directory of Research Journals Indexing (DRJI);

. Elektronische Zeitschriftenbibliothek (EZB);

. Bielefeld Academic Search Engine (BASE);

. World Catalog (WorldCat);

Finna | Satakunta University of Applied Sciences Library;

. CiteFactor;

International Institute of Organized Research (I2OR).

 

                 

_________________________________________________________________________________________________________________________

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.