Uma análise dos argumentos persuasivos no gênero debate político televisionado

Autores

  • Daiane Dos Santos Rosendo Carnahúba Instituto Federal de Alagoas
  • Sandra Araújo Lima Cavalcante Instituto Federal de Alagoas Universidade Federal de Alagoas
  • Max Silva da Rocha Universidade Federal de Alagoas Universidade Estadual de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2020v0n66p85-97

Palavras-chave:

Argumentos. Persuasão. Gênero debate político televisionado

Resumo

 O presente artigo tem como principal objetivo realizar um estudo acerca do uso de argumentos persuasivos no gênero textual debate político televisionado com base nos estudos retóricos da Antiga e Nova Retórica. Mostra ainda como acontece a relação retor-auditório diante de discussões de diversos temas do domínio político. Com isso, parte-se do princípio de que os argumentos são fundamentais para que haja um bom desenvolvimento argumentativo por parte dos debatedores em relação ao auditório durante os discursos retóricos na díade pergunta-resposta. Assim, o referencial teórico é formado, principalmente, por Abreu (2004), Aristóteles (2011), Costa (2009), Fiorin (2017), Perelman e Olbrechts-Tyteca (2014), Reboul (2004), entre outros. A investigação se desenvolve numa linha de abordagem qualitativa, analisando os dados de maneira processual e dinâmica. O corpus é constituído por fragmentos da transcrição de um debate político televisionado ocorrido no segundo turno das eleições presidenciais do ano de 2014.  As análises indicam que os retores conseguiram construir diversos tipos de argumentos retóricos para tentar persuadir o auditório universal. E que os argumentos recorrentes e mais utilizados pelos retores foram os baseados na estrutura do real, o que mostra como se organizam as tentativas de persuasão no gênero debate político televisionado.

Biografia do Autor

Daiane Dos Santos Rosendo Carnahúba, Instituto Federal de Alagoas

Graduada em Letras Portugês e suas respectivas literaturas pela Universidade Estadual de Alagoas, campus Arapiraca (UNEAL)

Discente do curso de especialização em linguagens e práticas sociais do Instituto Federal de Alagoas, campus Arapiraca (IFAL/ ARAPIRACA)

Sandra Araújo Lima Cavalcante, Instituto Federal de Alagoas Universidade Federal de Alagoas

Professora do Instituto Federal de Alagoas - Campus Arapiraca. Doutoranda em Linguística pele universidade Federal de Alagoas.

Max Silva da Rocha, Universidade Federal de Alagoas Universidade Estadual de Alagoas

Mestre e doutorando em Linguística pelo programa de pós - graduação em Linguística e literatura da  Universidade Federal de Alagoas (PPGLL/UFAL). Atualmente, é professor colaborador do Curso de Letras da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL) campus Palmeira dos Índios.

Downloads

Publicado

12/12/2020

Como Citar

ROSENDO CARNAHÚBA, D. D. S.; LIMA CAVALCANTE, S. A.; DA ROCHA, M. S. Uma análise dos argumentos persuasivos no gênero debate político televisionado. Leitura, [S. l.], n. 66, p. 85–97, 2020. DOI: 10.28998/2317-9945.2020v0n66p85-97. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/9921. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Estudos Linguísticos