Aprendizagem Baseada em Mapas Conceituais na graduação médica

desempenho acadêmico em uma instituição do Brasil

Autores

  • Maria Helena Rosa da Silva Centro Universitário Tiradentes (UNIT), Maceió, AL, Brasil
  • Maria Rosa da Silva Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), Maceió, AL, Brasil
  • Claudio José dos Santos Júnior Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (UNCISAL), Maceió, AL, Brasil
  • Andrea Marques Vanderlei Fregadolli Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Maceió, AL, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2022v14n36p319-337

Palavras-chave:

Aprendizagem, Aprendizagem Ativa, Aprendizagem Baseada em Problemas, Mapas Conceituais, Educação Médica

Resumo

O Aprendizado Baseado em Problemas (ABP) valoriza o tema a ser aprendido, bem como a forma como ocorre o aprendizado. Este trabalho teve como finalidade analisar a produção final dos Mapas Mentais (MM) e Mapas Conceituais (MC) desenvolvidos durante as sessões tutoriais no modelo da ABP em uma Escola Médica do Brasil. O estudo foi realizado a partir da análise documental das atividades produzidas nas tutorias de uma instituição de ensino que adota o modelo de ABP. Os instrumentos MM e MC analisados foram construídos pelas turmas do primeiro semestre de um curso de Medicina. Os mapas montados na abertura das sessões tutoriais eram do tipo linear e, após os estudos autodirigidos, os mapas construídos coletivamente, durante as sessões de fechamento, eram do tipo cíclico, em rede, e possuíam aumento de complexidade verificado pelo número de níveis hierárquicos presentes nessas estruturas. Neste contexto, foi possível perceber que os discentes migraram da Aprendizagem Mecânica, na abertura, para a Aprendizagem Significativa, no fechamento dos grupos tutoriais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

PÍCOLI, Renata Palópoli; DOMINGO, André Luis Alonso; SANTOS, Sandra Christo dos; ANDRADE, Alessandra Helena Gonsalves de; ARAUJO, Caio Augustus Fernandes; KOSLOSKI, Rejyane de Mattos Martins; DIAS, Thaís Lemos da Costa. Competências Propostas no Currículo de Medicina: percepção do egresso. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 41, n. 4, p. 525-532, dez. 2017.

SANTOS JÚNIOR, Claudio José dos; MISAEL, Jailton Rocha; SILVA, Maria Rosa da; GOMES, Valmir de Melo. Educação Médica e Formação na Perspectiva Ampliada e Multidimensional: considerações acerca de uma experiência de ensino-aprendizagem. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 43, n. 1, p. 72-79, mar. 2019.

SOUZA, S. C.; DOURADO, L. Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP): um método de aprendizagem inovador para o ensino educativo. HOLOS, v. 5, n. 1, 0, p. 182, 2015.

WOOD, D. F. Problem based learning. BMJ, v. 326, p. 7384-7328, 2003.

BORGES, Marcos de Carvalho; CHACHÁ, Silvana Gama Florencio; QUINTANA, Silvana Maria; FREITAS, Luiz Carlos Conti de; RODRIGUES, Maria de Lourdes Veronese. Aprendizado baseado em problemas. Medicina (Ribeirao Preto. Online), v. 47, n. 3, p. 301-307, 3 nov. 2014.

FARIAS, Pablo Antonio Maia de; MARTIN, Ana Luiza de Aguiar Rocha; CRISTO, Cinthia Sampaio. Aprendizagem Ativa na Educação em Saúde: percurso histórico e aplicações. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 39, n. 1, p. 143-150, mar. 2015.

BOROCHOVICIUS, Eli; TORTELLA, Jussara Cristina Barboza. Aprendizagem Baseada em Problemas: um método de ensino-aprendizagem e suas práticas educativas. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 22, n. 83, p. 263-294, jun. 2014.

AGAPITO, Francisca Melo; STROHSCHOEN, Andreia Aparecida Guimarães. APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS E MAPA CONCEITUAL: uma experiência com alunos do curso de pedagogia. Revista Signos, v. 37, n. 2, p. 10-24, 23 dez. 2016.

GOMES, Andréia Patrícia; DIAS-COELHO, Udson Chandler; CAVALHEIRO, Priscila de Oliveira; SIQUEIRA-BATISTA, Rodrigo. O Papel dos Mapas Conceituais na Educação Médica. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 35, n. 2, p. 275-282, jun. 2011.

DAVIES, M. Concept mapping, mind mapping and argument mapping: What are the differences and do they matter? High Educ., v. 62, n. 3, p. 279-301, 2011.

AGUIAR, J. G.; CORREIA, P. R. M. Como fazer bons mapas conceituais ? Rev Bras Pesqui em Educ em Ciências., v. 13, n. 2, p. 141-57, 2013.

CORREIA, Paulo Rogério Miranda; AGUIAR, Joana Guilares de. Avaliação da proficiência em mapeamento conceitual a partir da análise estrutural da rede proposicional. Ciência & Educação (Bauru), v. 23, n. 1, p. 71-90, mar. 2017.

VILELA, V. V. Modelos e métodos para usar mapas mentais: usos detalhados de mapas mentais para seu cotidiano, seu aprendizado e suas realizações. 5. ed. Brasília: Clube de Autores, 2012. 100 p.

PRASS, A. R. Teorias de aprendizagem. Scrinia Libris. Porto Alegre, 2012.

BURGOS, B. V.; GUATAME, A. X. A. L. L. Cómo la estrategia de mapas mentales y conceptuales estimula el desarrollo de la inteligencia espacial en estudiantes universitarios? Tabula Rasa, v. 15, p. 221–54, 2015.

HOKAMA, Paula O M; HOKAMA, Newton Key; BATISTA, Nildo. Caso Motivador como Estratégia Problematizadora e Integradora no Ensino Médico em um Curso de Oncologia. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 42, n. 4, p. 165-174, dez. 2018.

MOREIRA, M. A.; CABALLERO, M. C.; RODRIGUEZ M. L. Aprendizagem significativa. Burgos: Espanha, 1997. 19–44 p.

MARQUES, Lumaira Maria Nascimento Silva da Rocha. Active methodologies as strategies to develop education in values in nursing graduation. Escola Anna Nery, v. 22, n. 3, p. 1-6, 18 jun. 2018.

AUSUBEL, DAVID. The acquisition and retention of knowledge: a cognitive view. Dordrecht: Springer, 2000. 232 p.

TAVARES, R. Construindo mapas conceituais Constructing concept maps. Ciências & Cognição, v. 12, n. 1, p. 72-85, 2007.

CICUTO, C. A. T.; CORREIA, P. R. M. Estruturas hierárquicas inapropriadas ou limitadas em mapas conceituais: um ponto de partida para promover a aprendizagem significativa. Aprendiz Significativa em Rev., v. 3, n. 1, p. 1-11, 2013.

AUSUBEL, D. P. A aprendizagem significativa. São Paulo: Moraes, 1982.

VEKIRI, I. What is the value of graphical displays in learning? Educ Psychol Rev., v. 14, n. 3, p. 261–312, 2002.

JOSEPH, D. Novak. Learning, Creating, and Using Knowledge: Concept Maps as Facilitative Tools in Schools and Corporations. Routledge, editor. Nova Iorque, 2020. 336 p.

SOLÉ, I. Estratégia de leitura. Porto Alegre: Artmed, 1998.

ROMAN, Cassiela; ELLWANGER, Juliana; BECKER, Gabriela Curbeti; SILVEIRA, Anderson Donelli da; MACHADO, Carmen Lucia Bezerra; MANFROI, Waldomiro Carlos. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem no processo de ensino em saúde no Brasil: uma revisão narrativa. Clinical & Biomedical Research, v. 37, n. 4, p. 349-357, 2017..

RANDI, J.; GRIGORENKO E. S.R. Revisiting definitions of reading compreehension: Just what is reading comprehension anyway? In: Susan Israel, Kathryn Kinnucan-Welsch, Kathryn L. Bauserman CCB, editor. Metacognition in literacy learning. Londom: Lawrence Erlbaum, 2005. p. 19-40.

RIBEIRO, Célia. Metacognição: um apoio ao processo de aprendizagem. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 16, n. 1, p. 109-116, 2003.

STEBBINS, Robert A.. Education for Self-Fulfillment: process and context. Educação & Realidade, v. 41, n. 3, p. 873-887, 1 dez. 2015.

REIS, Fabiana Vieira Duarte de Souza; PASSOS, Antônio Henrique Rodrigues dos; HIGA, Elza de Fátima Ribeiro. Aprendizagem Baseada em Problemas: contribuição para médicos pediatras. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 43, n. 11, p. 322-329, 2019.

SILVA, John Victor dos Santos; SANTOS JÚNIOR, Claudio José dos; RIBEIRO, Mara Cristina. Ensino integrado em Saúde e prática interprofissional. Revista Docência do Ensino Superior, v. 9, p. 1-14, 17 dez. 2019.

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completem. 46. ed. São Paulo: Cortez, 2005. 87 p.

CORREIA, Daniele; DECIAN, Emanoela; SAUERWEIN, Inés Prieto Schmidt. Leitura e argumentação: potencialidades do uso de textos de divulgação científica em aulas de física do ensino médio. Ciência & Educação (Bauru), v. 23, n. 4, p. 1017-1034, dez. 2017.

Downloads

Publicado

2022-12-23

Como Citar

SILVA, Maria Helena Rosa da; SILVA, Maria Rosa da; SANTOS JÚNIOR, Claudio José dos; FREGADOLLI, Andrea Marques Vanderlei. Aprendizagem Baseada em Mapas Conceituais na graduação médica: desempenho acadêmico em uma instituição do Brasil. Debates em Educação, [S. l.], v. 14, n. 36, p. 319–337, 2022. DOI: 10.28998/2175-6600.2022v14n36p319-337. Disponível em: https://seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/13377. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.